Com os 3 x 0 da noite de ontem (15) sobre o Libertad, do Paraguai, o Palmeiras é o primeiro semifinalista da Libertadores 2020, com 100% de aproveitamento em seu Allianz Parque: 9 jogos, 9 vitórias, 28 gols marcados e 0 gol sofrido. O adversário será River Plate, da Argentina, ou Nacional, do Uruguai, que decidirão a vaga amanhã (17), no Parque Central, em Montevidéu, com o time argentino podendo perder por um gol, depois de ganhar (2 x 0) o jogo de ida em Buenos Aires.

OITAVA SEMI – Campeão da Libertadores pela única vez em 1999, quando ganhou a decisão com o Deportivo Cali, da Colômbia, o Palmeiras chega à semifinal pela oitava vez, sob a orientação do português Abel Ferreira, depois que Vanderlei Luxemburgo classificou o time na fase de grupos. No jogo da noite de ontem (15), o time já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol de Gustavo Scarpa, de fora da área, aos 22 minutos, com chute forte e colocado no canto, fora do alcance do goleiro Martin Silva.

EXPULSÃO – Quatro minutos após a expulsão do lateral paraguaio Ivan Piris, por falta dura em Raphael Veiga, o Palmeiras fez 2 x 0 aos 23 minutos, com o gol de Rony, após cruzamento rasteiro do lateral Marcos Paulo, e aos 37, Gabriel Menino completou o placar, depois de outro cruzamento rasteiro de Willian. O Palmeiras comandou o jogo e só não goleou o Libertad, graças à atuação destacada do goleiro uruguaio Martin Silva, de 37 anos, que fez defesas daquelas consideradas impossíveis.

WEVERTON, Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gomez (Emerson Santos) e Matias Viña; Danilo, Gabriel Menino e Raphael Veiga (Zé Rafael); Gustavo Scarpa (Breno Lopes), Gabriel Veron e Rony (Willian) – o time, com média de idade de 24 anos, do técnico português Abel Ferreira, que fará 42 anos na próxima terça (22), e voltou à área técnica, após se recuperar da Covid-19. Os jogadores dedicaram a vitória ao goleiro Weverton, o mais velho do time, que domingo (20) completou 33 anos.

O ADVERSÁRIO – O River Plate, provável adversário do Palmeiras na semifinal, ganhou quatro vezes a Libertadores – 86, 96, 2015 e 2018 – e 36 vezes o Campeonato Argentino. Foi vice-campeão em 2019, ao perder a decisão (2 x 1) para o Flamengo. O Nacional, que precisa vencer o River amanhã (17) por três gols, ou por dois, para decidir nos pênaltis, ganhou três vezes a Libertadores – 71, 80 e 88 – e 47 vezes o Campeonato Uruguaio.

INTER x PALMEIRAS – O jogo de sábado (19), na Arena Beira Rio, será dos mais importantes da rodada 26 do Brasileiro. O Inter é quinto com 41, mesma pontuação do Palmeiras, quarto, ambos com 11 vitórias e a 4 pontos do Flamengo, terceiro, com 45. Em outra frente decisiva, o Palmeiras fará na próxima quarta (23), em seu Allianz Parque, o primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil com o América Mineiro. O segundo jogo será dia 30, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Foto: Esportes R7