Escolha uma Página

COM A VITÓRIA SOBRE O INTERNACIONAL por 2 x 1, neste domingo (24), no Allianz Parque, o Palmeiras é o 5º a conquistar o título simbólico de campeão antecipado do turno, desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado por 20 equipes. O São Paulo foi o 1º, em 2006, seguido do Cruzeiro, em 2013 e 2014; do Corinthians, em 2017, e do Atlético Mineiro, em 2021. 

COM A 11ª VITÓRIA, 6ª EM 10 JOGOS EM CASA, o Palmeiras ganhou 39 dos 57 pontos disputados em 19 jogos, com 6 empates e só duas derrotas, ambas como mandante, para o Ceará na estreia por 3 x 2, e para o Athletico Paranaense por 2 x 0 na 15ª rodada. Das 6 vitórias em seu Allianz Parque, o Palmeiras não sofreu gol em 4, só teve um 0 x 0 com o Atlético Mineiro, e 4 x 0 no Botafogo foi a vitória mais expressiva.

O ZAGUEIRO PARAGUAIO Gustavo Gomez, capitão do time, autor do 1º gol da vitória deste domingo (24), sobre o Internacional por 2 x 1, passou a ser o 3º da posição com mais gols na história do Palmeiras, com 23, depois do italiano Loschiavo, com 32, e de Luis Pereira, com 36. Gustavo Gomez empatou com seu compatriota Francisco Arce, ex-lateral, como 2º estrangeiro do Palmeiras com mais vitórias (115). O 1º é o ex-atacante chileno Jorge Valdívia com 122.

ALÉM DA ASSISTÊNCIA para o gol de Gustavo Gomez, o atacante Dudu dividiu as honras do jogo com o volante Danilo e o meia Gustavo Scarpa. O Internacional foi ao jogo com proposta defensiva e só se adiantou no 2º tempo, quando chegou a empatar com o belo gol do atacante Alemão, de fora da área, no ângulo, aos 36. O meia Gabriel Menino fez o gol da vitória, levando ao delírio mais de 40 mil torcedores no Allianz Parque (38.650 pagantes, R$2.282.828,00).

OS CAMPEÕES DO TURNO: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gomez, Murilo e Vanderlan; Danilo (Luan), Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Breno Lopes); Lopez (Merentiel), Raphael Veiga (Gabriel Menino) e Dudu (Wesley). O Palmeiras faz o primeiro jogo do returno com o Ceará, sábado (30), na Arena Castelão, em Fortaleza. 

SEGUNDO COM MAIS EMPATES (9, igual ao Ceará), o Internacional recebe o Atlético Mineiro, domingo (31), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre, sem Mano Menezes na área técnica. Ele vai cumprir suspensão pelo 3º cartão amarelo, aplicado pelo árbitro carioca Bruno Arleu Araújo. O Internacional só perdeu 2 dos 10 jogos como visitante, empatando 5 e ganhando 3. Terminou o turno em 7º com 30 pontos e saldo de 7 gols (27 a 20).

TERCEIRA VITÓRIA DEPOIS DE 10 RODADAS

O JUVENTUDE VOLTOU A VENCER depois de 10 rodadas, mas o 1 x 0 da tarde deste domingo (24) sobre o Ceará, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, não foi suficiente para tirá-lo do grupo de rebaixados. Com o gol do atacante paraguaio Isidro Pitta, de 22 anos, emprestado pelo Huesca, da 2ª divisão da Espanha, o time da Serra gaúcha só saiu do último para o penúltimo lugar (19º), com 16 pontos.

QUEM SAIU DO REBAIXAMENTO foi o América Mineiro, do 17º para o 14º lugar, com 21 pontos, após a 6ª vitória, ao ganhar do Atlético Goianiense por 1 x 0, gol do atacante paulista Felipe Azevedo, de 35 anos, aos 33 minutos do 1º tempo, no estádio Antonio Accioly, em Goiânia. O Atlético permanece em 18º com 17 pontos, depois da 10ª derrota. 

OS DOIS ESTÃO NAS QUARTAS DE FINAL da Copa Brasil. O Atlético Goianiense receberá o Corinthians para o primeiro jogo, em Goiânia, 4ª feira (27), e no dia seguinte, o América Mineiro visitará o São Paulo, no Morumbi. 

Foto: CESAR GRECO/PALMEIRAS