O PALMEIRAS colocou a mão na taça de campeão brasileiro de 2022, ao golear o Coritiba por 4 x 0, com dois gols em cada tempo, na noite desta 5ª feira (6), diante de 40 mil torcedores no Allianz Parque, em São Paulo. A vantagem sobre o vice-líder Internacional é de 12 pontos (66 a 54), faltando oito rodadas.

FOI A 19ª VITÓRIA, 7ª sem sofrer gol em 10 jogos em casa, com o segundo 4 x 0. Invicto fora de casa, o Palmeiras só perdeu dois jogos como mandante, na estreia para o Ceará (3 x 2), e na 15ª rodada para o Athletico Paranaense (2 x 0), a última derrota, na noite do sábado, 2 de julho.

COM A GOLEADA sobre o Coritiba, que sofreu a 12ª derrota fora de casa, 7ª sem fazer gol, o Palmeiras voltou a ter o ataque mais positivo, com 52 gols em 30 jogos, média de 1.73 por jogo, superando Fluminense e Flamengo com 48. O líder e virtual campeão brasileiro de 2022 tem também a defesa menos vazada (20).

O PALMEIRAS JÁ SAIU para o intervalo com 2 x 0, gols de Mayke, de cabeça, aos 15 minutos, após escanteio de Gustavo Scarpa, e com o gol mais bonito da noite, de Rony, aos 34, encobrindo o goleiro com um toque de canhota, após cruzamento rasteiro de Gustavo Scarpa, líder de assistências (15) do time na temporada.

O ZAGUEIRO paraguaio Gustavo Gomez, capitão do time, usou a cabeça para completar o cruzamento de Dudu e fazer seu 10º gol do ano, aos 6 minutos do 2º tempo, em lance revisto três minutos no VAR pelo árbitro catarinense Braulio Machado. Breno Lopes completou a goleada aos 32, com assistência de Tabata.

PALMEIRAS 4 x 0 CORITIBA registrou R$2.404.137,18, com 39.877 pagantes. Foi a 5ª vitória consecutiva do líder, depois de 2 x 1 no Juventude; 1 x 0 no Santos e no Atlético Mineiro, e 3 x 1 de virada no Botafogo. Foi o 63º confronto dos times, com a 25ª vitória do Palmeiras; 21 vitórias do Coritiba, e 17 empates.

O PALMEIRAS promoveu a estreia do profissional mais jovem da história do seu futebol, o atacante Endrick, de 16 anos, 2 meses e 15 dias, nascido em 21 de julho de 2006, em Brasilia, capital da República. Ele substituiu Rony, aos 22 do 2º tempo, sofreu e cometeu uma falta, e teve duas chances defendidas pelo goleiro Gabriel.

ENDRICK assinou o primeiro contrato no dia em que completou 16 anos, presente de aniversário do Palmeiras. Sua estreia foi bem planejada pela comissão técnica, que o incorporou ao elenco, treinando com os profissionais, e o deixou na reserva nos jogos com Santos, Botafogo e Atlético Mineiro.

O TIME DOS 4 x 0 da noite desta 5ª feira (6) no Coritiba: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gomez (c), Murilo e Piquerez; Danilo, Atuesta (Gabriel Menino) e Gustavo Scarpa (Bruno Tabata); Mayke (Bruno Lopes), Rony (Endrick) e Dudu (Merentiel). Com o técnico Abel Ferreira suspenso, o assistente João Martins dirigiu o time.

OS OITO JOGOS RESTANTES do Palmeiras: em casa, com São Paulo, Avaí, Fortaleza e América Mineiro (penúltima rodada). Visitante, com Atlético Goianiense, na próxima 2ª feira (10), Athletico Paranaense, Cuiabá e Internacional (última rodada). Se vencer todos os jogos, o Palmeiras igualará o recorde de 90 pontos do Flamengo, campeão brasileiro de 2019.

VIRADA DO SÃO PAULO EM MINAS

CINCO DIAS DEPOIS de perder a decisão da Copa Sul-Americana, o São Paulo ganhou de virada do América Mineiro por 2 x 1, na noite desta 5ª feira (6), na Arena Independência, em Belo Horizonte, e subiu ao 10º lugar com 40 pontos. Aloísio fez o gol do América, o argentino Calleri empatou, e o meia Alisson marcou o gol da virada aos 46 do 2º tempo. 

FOI A NONA VITÓRIA do São Paulo, que ainda pode subir na classificação por ter um jogo atrasado, que disputará com o Coritiba, dia 20, no Morumbi. O América Mineiro sofreu a 12ª derrota, mas se manteve em 8º, com 42 pontos.

Fotos: Marcos Ribolli, Ettore Chiereguini/AGIF, CESAR GRECO/PALMEIRAS