Na estreia, o Palmeiras empatou (1 x 1) com o Fluminense e o Goiás perdeu (2 x 1) para o Athletico Paranaense, e ambos continuam sem vitória no Brasileiro 2020, após empatarem (1 x 1) na noite de ontem (15), em um sábado de só três gols em três jogos, com o Flamengo como único vencedor (1 x 0 no Coritiba). Diante de um Goiás sem 15, que testaram positivo para a Covid-19, esperava-se mais do Palmeiras, mas o campeão paulista não rendeu bem e teve que se contentar com outro 1 x 1.

GOL DE CABEÇA – Os gols da noite de ontem (15), no Allianz Parque, foram feitos no primeiro tempo. O Palmeiras marcou primeiro, com a cabeçada forte e certeira do zagueiro paraguaio Gustavo Gomez, aos 18 minutos, após escanteio de Gabriel Menino. Segundo gol de Gustavo Gomez, de 27 anos, 1,85m, desde 2018, quando chegou emprestado pelo Milan. Bom lembrar: o Palmeiras voltou ao Allianz Parque, uma semana depois de ganhar o título paulista de 2020 na decisão com o Corinthians.

GOL DE FALTA – O Goiás empatou aos 40 minutos, após falta de Patrick de Paula em Victor Andrade, convertida pelo zagueiro paulistano Rafael Vaz, de 31 anos, 1,88m, com chute forte, rasteiro, no canto esquerdo. Foi o nono gol em 56 jogos de Rafael Vaz, que entre 2013 e 2018 teve boa passagem pelo futebol carioca, com 47 jogos no Vasco e 80 no Flamengo. Décimo empate entre Palmeiras e Goiás, com vantagem de 13 vitórias do Palmeiras (27 a 14).

SEM VITÓRIA – O Palmeiras ainda não engrenou no recomeço, pós-pandemia. Foi campeão paulista, mas empatou os dois jogos (0 x 0 e 1 x 1) das finais com o Corinthians. Depois do quarto empate consecutivo na noite de ontem (15), em casa, com o Goiás, o time completou o oitavo jogo com adversários da Série A, em 2020, sem vitória. Algumas tentativas de mudança têm sido feitas, mas ainda não se viu o entrosamento esperado. 

PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Matias Viña (Diogo Barbosa); Patrick de Paula, Gabriel Menino (Bruno Henrique) e Ramires (Lucas Lima); Zé Rafael (Wesley), Luiz Adriano e Willian (Rony). Técnico – Vanderlei Luxemburgo. O Palmeiras jogará quarta (19) com o Athletico Paranaense, em Curitiba, e o clássico do próximo domingo (23), com o Santos, será no Allianz Parque.

GOIÁS – Marcelo Rangel, Pintado (Rodrigues), Fabio Sanches, Rafael Vaz e Heron; Breno, Luis Gustavo e Daniel Bessa; Marcinho (Zeca), Victor Andrade (Daniel Oliveira) e Douglas Baggio. Técnico – Ney Franco. O Goiás fará os dois próximos jogos em Goiânia, quarta (19), com o Fortaleza, e sábado (22), com o Atlético Goianiense. 

QUATRO CARTÕES – Embora o goleiro Weverton, capitão do Palmeiras, tenha considerado que o árbitro interrompeu muito o jogo, a atuação de Paulo Roberto Alves Junior, da Federação Paranaense, foi boa. Ele aplicou cartão amarelo em Lucas Lima, do Palmeiras, por reclamação, e os outros quatro advertidos foram Pintado, Luis Gustavo e Daniel Bessa, por faltas normais.

39 GOLS – Com os resultados da abertura da terceira rodada, na noite de ontem (15), o Brasileiro 2020 registra 39 gols em 19 jogos, média de 2.05 gols por jogo. Houve 8 vitórias dos times com o mando de campo, 4 das equipes visitantes e 7 empates, sendo seis 1 x 1 e o único0 x 0, Grêmio x Corinthians, em Porto Alegre. Bom dizer: quatro dos dez jogos da primeira rodada foram adiados, por decisões estaduais e problemas da Covid-19. Só dois times ainda não fizeram gol: Fortaleza e Coritiba.

Foto: Site oficial do Palmeiras