Escolha uma Página

Na estreia de seus novos técnicos, Corinthians e Palmeiras iniciaram 2020 com vitória na noite de ontem (15), na Copa Flórida, que o Flamengo, dirigido por Abel Braga, ganhou em 2019. O Corinthians, de Tiago Nunes, ex-Athletico Paranaense, fez 2 x 0 no New York FC, com dois gols do estreante Luan, ex-Grêmio, e o Palmeiras, de Vanderlei Luxemburgo, ex-Vasco, venceu o Nacional da Colômbia, em jogo de 20 pênaltis, após 0 x 0 nos 90 minutos.

LUAN BRILHOU – Comprado por 22 milhões de reais, o maior artilheiro da Arena Grêmio brilhou na estreia com a camisa do Corinthians, tricampeão paulista, ao fazer os dois gols da vitória (2 x 1) sobre o New York FC, na noite de ontem (15), no Exploria Stadium, na região central do estado da Flórida, dos mais famosos parques temáticos do mundo.

PRIMOROSA a cobrança de falta de Luan, no primeiro gol, logo aos 11 minutos. Ele encobriu a barreira e a bola descaiu no canto, sem chance de defesa para o goleiro americano Luis Barraza, de 23 anos, 1,88m. No segundo gol, aos 31, o mais bonito do lance foi o drible desconcertante que deu no meia americano Justin Haak, de 18 anos. O gol do New York foi do paranaense Vinícius Lansade, de 18 anos, naturalizado argentino.

TIAGO NUNES, o novo técnico do Corinthians, gaúcho de Santa Maria, 39 anos, campeão da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana com o Athletico Paranaense, mudou o time inteiro no intervalo. A formação principal teve Cássio (cap), Fagner, Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton; Camacho, Cantillo, Luan e Ramiro; Janderson e Mauro Boselli.

NOVIDADE DO PALMEIRAS – Depois de anos no meio-campo, Felipe Melo foi a novidade na zaga do Palmeiras, ao lado do paraguaio Gustavo Gomez, no 0 x 0 do segundo jogo da noite de ontem (15), no Exploria Stadium, na Flórida. Felipe Melo saiu-se bem, dentro do estilo firme de sempre, ganhando todas as divididas e sabendo se impor.

O ESTREANTE Vanderlei Luxemburgo também alterou o time inteiro na volta do intervalo. A formação principal teve Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique, Patrick de Paula e Lucas Lima; Dudu, Luis Adriano e Raphael Veiga. 0 x 0 se ajustou ao que Palmeiras e Nacional de Medellin produziram em jogo igual.

20 PÊNALTIS – Na decisão em cobrança de pênaltis, o Palmeiras venceu (10 x 9) e só a última, do zagueiro colombiano IvanVelasquez foi defendida pelo goleiro Jailson, que substituiu Weverton no intervalo. Em novo programa duplo, no Exploria Stadium, na noite de sábado (18), o Palmeiras jogará com o New York FC, e o Corinthians com o Nacional de Medellin, segunda maior cidade da Colômbia, depois da capital Bogotá.

Foto: Fox Sports