Escolha uma Página

NÃO HÁ MAIS INVICTO na Série A do Campeonato Brasileiro de 2024. O Palmeiras venceu o Atlético Mineiro por 4 x 0, maior goleada da Arena MRV, na noite desta 2ª feira (17), encerrando a 9ª rodada, a que mais gols registrou (31).

COM A 5ª VITÓRIA, segunda consecutiva sem sofrer gol, o Palmeiras subiu ao 5º lugar, igual ao Athletico Paranaense (4º) em pontos (17), vitórias (5), empates (2), derrotas (2), saldo de gols (7), perdendo só nos gols marcados (11 a 13).

A DIFERENÇA para o líder Botafogo é de 2 pontos e de uma vitória, e para o vice-líder Flamengo e o Bahia, 3º, é só de 1 ponto, todos iguais em vitórias (5). Com a 1ª derrota, o Atlético terminou a rodada em 9º com 13 pontos.

BOM LEMBRAR: faz 45 anos que o Campeonato Brasileiro teve o único campeão invicto, o Internacional, em 1979, com 16 vitórias e 7 empates. O time era dirigido pelo ex-meia Ênio Andrade e a liderança em campo exercida pelo notável volante Falcão.

O PALMEIRAS já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol do argentino Aníbal Moreno, aos 25, e cinco minutos depois, Hulk foi expulso por reclamação, após cartão amarelo, depois de uma dividida com Murilo e Zé Rafael, em que o árbitro marcou falta a favor do Atlético.

O PALMEIRAS acentuou o domínio na volta do intervalo e obteve a vitória mais ampla, Piquerez convertendo pênalti de Saravia em Zé Rafael, aos 14; Estêvão, aos 16, com o gol mais bonito, de canhota de fora da área, no ângulo direito, e Flaco Lopez, aos 48, após cruzamento de Vanderlan.

DAS CINCO VITÓRIAS, a 4ª do Palmeiras como visitante, com 9 gols e só 1 gol sofrido: 1 x 0 no Vitória, 0 x 0 com o São Paulo, 2 x 0 no Cuiabá, 2 x 1 no Criciúma e 4 x 0 no Atlético. O Palmeiras só ganhou um jogo como mandante: 2 x 0 no Vasco, depois de 0 x 1 com Inter, 0 x 0 Flamengo e 0 x 2 Athletico Paranaense.

O TIME DA MAIOR GOLEADA no Atlético Mineiro no Brasileiro: Weverton, Marcos Rocha, Naves, Murilo e Piquerez (Vanderlan); Aníbal Moreno (Gabriel Menino), Zé Rafael e Raphael Veiga; Lázaro (Fabinho), Rony (Flaco Lopez) e Estêvão (Mayke). O Palmeiras faz os dois próximos jogos em casa: 5ª (20) com o Bragantino, e domingo (23) com o Juventude.

O ATLÉTICO MINEIRO da 1ª derrota: Mateus Mendes, Saravia, Bruno Fuchs, Igor Rabelo (Alisson) e Rômulo; Igor Gomes, Zaracho (Pedrinho) e Scarpa (Palacios); Cadu (Alan Kardec), Hulk e Paulinho, expulso após o jogo por um pontapé em Marcos Rocha.

ATLÉTICO 0 x 4 PALMEIRAS registrou R$1.945.500,62. 31.448 pagantes. O árbitro pernambucano Rodrigo Lima teve atuação correta e aplicou nove cartões: Zaracho, Igor Rabelo e Hulk, bem expulso por reclamação, Piquerez, Rony, Estêvão e Aníbal Moreno, e o cartão vermelho em Paulinho, por agressão pós-jogo.

O PALMEIRAS jogou pela primeira vez no estádio do Atlético Mineiro e ampliou a vantagem de vitórias (27 a 22) no Campeonato Brasileiro, e também no total de 63 jogos, com a 27ª vitória contra 22 do Atlético e 14 empates.

85 JOGOS, 207 GOLS, média de 2.44 gols por jogo. Ataques mais positivos: Botafogo e Flamengo (16). Defesa menos vazada: Palmeiras (4). Defesa mais vazada: Vasco (19). Mais vitórias: Botafogo (6). Mais derrotas: Vasco e Cuiabá (6). Artilheiros: Vegetti (Vasco) e Everaldo (Bahia (6).

Fotos: Gazeta Esportiva