Foi duplamente festiva a noite de ontem (13) no Allianz Parque, onde o Palmeiras comemorou os 20 anos da primeira conquista da Copa Libertadores, oferecendo uma réplica da taça aos seus campeões, e a seguir aumentou a alegria da torcida com outra vitória – 2 x 0 sobre o Avaí -, que o manteve na liderança absoluta e como único invicto do Brasileirão 2019, mesmo com menos um jogo. O Palmeiras chegou aos 22 pontos, com 100% de aproveitamento em seu estádio, e ampliou para 32 jogos a série invicta iniciada em 2018, quando foi campeão brasileiro com oito pontos à frente do vice-campeão Flamengo.

11 JOGOS SEM GOL – O Palmeiras completou 11 jogos sem sofrer gol em seu estádio, ao vencer pela quinta vez no Brasileirão 2019: 4 x 0 no Fortaleza e no Santos; 1 x 0 no Internacional e no Atlético Paranaense, e os 2 x 0 no Avaí, último colocado e único ainda sem vitória. Deyverson marcou o primeiro gol aos 32, encobrindo o goleiro, em lance anulado por impedimento, mas confirmado após quatro minutos de revisão no árbitro de video. 

DÉCIMA CONSECUTIVA – O Palmeiras igualou um feito conseguido há onze anos, quando obteve dez vitórias consecutivas em seu estádio e ficou onze jogos sem sofrer gol. O time voltou a apresentar elevado padrão técnico, com toques de primeira e envolvendo o Avaí praticamente o jogo inteiro. O segundo gol foi do meia Bruno Henrique, aos 20 do segundo tempo, com chute colocado no canto, após bela assistência do atacante Dudu.

PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha, Antonio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Tiago Santos), Zé Rafael e Lucas Lima (Moisés); Dudu (Gustavo Scarpa) e Deyverson. Técnico – Luiz Felipe Scolari. Com menos um jogo, o Palmeiras tem 22 pontos – 7 vitórias, 1 empate, 17 gols marcados e 2 sofridos – e aguarda o julgamento do jogo que ganhou (1 x 0) do Botafogo, marcado para a próxima terça (18).

AVAÍ – Vladimir, Lourenço, Betão, Kunde e Igor Fernandes; Mateus Barbosa, Pedro Castro (Douglas), Julinho e Gegê (Daniel Amorim); Getúlio (João Paulo) e Caio Paulista. Técnico – Geninho. O Avaí só tem 4 pontos em 9 jogos – 4 empates, 5 derrotas, 4 gols a favor e 11 contra – e sofreu a quarta derrota como visitante. 

LIBERTADORES 1999 – Os 20 anos da conquista do Palmeiras foram lembrados em solenidade no gramado do Allianz Parque. O time campeão teve Marcos (Veloso), Arce, Junior Baiano, Roque Junior e Junior; Cesar Sampaio, Rogerio, Alex e Zinho; Paulo Nunes e Oseas. Também atuaram Evair, Euller, Galeano e Cleber. Na final, o Palmeiras venceu o Deportivo Cali, nos pênaltis (4 x 3), depois de perder (1 x 0) na Colômbia e de ganhar (2 x 1) em seu antigo estádio Palestra Itália. Os jogadores e o técnico Scolari receberam réplicas da taça.

DOIS CARTÕES – Palmeiras 2 x 0 Avaí foi bem apitado por Marcelo de Lima Henrique, da Federação do Rio de Janeiro, que só advertiu com cartão amarelo o zagueiro Kunde e o meia Lucas LimaR$1.895.478,65. 31.946 pagantes.

Foto: divulgação Palmeiras