A impressão inicial de que o Palmeiras passaria sem problema pelo Ceará não se confirmou na noite de ontem (2), no Allianz Parque, onde o recordista de títulos brasileiros teve dificuldade para manter o 1 x 0, com o gol de Zé Rafael aos 16 minutos do primeiro tempo. O goleiro Weverton foi o nome do jogo e até pênalti defendeu.

CINCO PONTOS – Com 18 vitórias, o Palmeiras reduz para cinco pontos a vantagem do líder Flamengo, que pode manter a diferença de oito, se vencer o Corinthians, hoje (3), no Maracanã. O gol que decidiu o jogo foi de Zé Rafael, que aproveitou bem a rebatida do zagueiro Valdo, após cruzamento do lateral Mayke.

ESTUPENDO – A meu juízo, o adjetivo que mais se ajusta para ressaltar o desempenho do goleiro Weverton na vitória de ontem (2) do Palmeiras. Com notável sentido de colocação, ele evitou que o Ceará convertesse pelo menos três chances claras de gol. A cereja no bolo foi a defesa do pênalti, de Vitor Hugo em Chico, que Bergson bateu colocado.

PALMEIRAS – Weverton, Mayke (Jean, 13 do segundo tempo), Gustavo Gomez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima, 20 do segundo tempo); Dudu, Deyverson (Henrique Dourado, 25 do segundo tempo) e Zé Rafael. Técnico – Mano Menezes. O próximo jogo é com o Vasco, quarta (6), em São Januário.

CEARÁ – Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Eduardo Brock e Cristovam; Auremir (Leandro Carvalho, 35 do segundo tempo), Fabinho (Ricardinho, 26 do segundo tempo), Pedro Ken e Felipe Baxola; Chico (Tiago Galhardo, intervalo) e Bergson. Com 33 pontos, o Ceará pode terminar a rodada em décimo sexto, se o Cruzeiro (32) ganhar hoje (3) do Bahia, no Mineirão.

QUATRO CARTÕES – Ganha espaço no cenário da arbitragem do Brasileirão 2019, o mineiro Felipe Fernandes de Lima, de 32 anos, com mais uma atuação firme. Preciso na marcação do pênalti do zagueiro Vitor Hugo no atacante Chico. Correto na aplicação dos cartões em Eduardo Brock e Cristovam, do Ceará, e no zagueiro Vitor Hugo, pelo pênalti, e no goleiro Weverton, por reclamação. R$1.777.812,70. 29.019 pagantes.

Foto: UOL