Escolha uma Página

DEPOIS DE PERDER o jogo de ida na Vila Belmiro por 1 x 0, o Palmeiras precisava vencer por dois gols para ser tricampeão paulista, e conseguiu, ao ganhar do Santos por 2 x 0 na tarde de hoje (7), em seu belo Allianz Parque.

RAPHAEL VEIGA, de pênalti fez 1 x 0 aos 33, e no segundo tempo, o argentino Aníbal Moreno marcou o gol do título aos 22 minutos. O único tricampeonato do Palmeiras havia sido em 1932-33-34, quando ainda se chamava Palestra Itália.

O PRIMEIRO GOL DO PALMEIRAS, obrigou o árbitro Raphael Claus a rever no VAR o lance da falta do goleiro João Paulo em Endrick, para confirmar o pênalti. Em sua última decisão, antes de ir em julho para o Real Madrid, Endrick ganhou o prêmio de melhor do jogo.

Diretoria, comissão técnica e jogadores da SE Palmeiras, comemoram a conquista do Campeonato Paulista, Série A1, após jogo contra a equipe do Santos FC, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)

OS CAMPEÕES PAULISTAS de 2024: Weverton, Mayke, Gustavo Gomez( Luan), Murilo e Piquerez; Aníbal Moreno, Zé Rafael(Richard Rios) e Raphael Veiga; Lázaro (Luiz Guilherme), Endrick (Marcos Rocha) e Flaco Lopez (Rony).

FOI O 26° TÍTULO DO PALMEIRAS, 10° do técnico Abel Ferreira, igualando-se ao recordista gaúcho Oswaldo Brandão.

ATLÉTICO, PENTACAMPEÃO MINEIRO

COM OS QUATRO GOLS no segundo tempo o Atlético ganhou hoje, (7) de virada por 3 x 1, com torcida única do Cruzeiro no Mineirão. 49° título, mas 11 que o Cruzeiro, em decisão de técnicos argentinos: o campeão Gabriel Milito e o vice Nicolas Lacarmon.

O CRUZEIRO JOGAVA POR DOIS EMPATES, depois de 2 x 2 no primeiro jogo, fez 1 x 0 com o meia carioca Mateus Vital, mas levou a virada com os gols de Saravia; Hulk, de pênalti, e Gustavo Scapa.

CAMPEÃO DOS 475 ANOS DE SALVADOR

O VITÓRIA GANHOU hoje (7) o 30° título de campeão baiano, ao empatar (1 x 1) com o Bahia na Arena Fonte Nova, na festa dos 475 anos de Salvador, depois de ganhar de
virada por 3 x 2 o jogo de ida no Barradão.

O ZAGUEIRO Wagner Leonardo marcou o gol do Vitória aos 13, e o meia Everton Ribeiro empatou aos 19, sem que na volta do intervalo os times tenham conseguido mudar o placar. O Bahia ainda tem mais 20 títulos de campeão que o Vitória.

PRIMEIRO TRI DO ATLÉTICO GOIANIENSE

DIRIGIDO PELO CARIOCA JAIR VENTURA, o Atlético Goíaniense ganhou o 18° título de campeão goiano, ao vencer o Vila Nova por 3 x 1, no estádio Antônio Accioly, depois de vencer o jogo de ida por 2 x 0.

OS GOLS DO TRICAMPEÃO foram de Luiz Fernando e dois do uruguaio Emiliano Rodríguez, um dos destaques do campeonato. O Atlético estreia no Brasileiro no próximo domingo (14), em jogo de campeões com o Flamengo, com a lotação completa de 25 mil lugares do estádio Serra Dourada esgotada.

Foto: A Tribuna, Palmeiras