FOI DE VIRADA, NO SEGUNDO TEMPO, QUE O PALMEIRAS venceu o Sport por 2 x 1 e assumiu a vice-liderança, no último jogo da vigésima oitava rodada, na noite de ontem (25), diante de 13.367 pagantes, no Allianz Parque, em São Paulo. O técnico português Abel Ferreira tornou o Palmeiras mais dinâmico e criativo na volta do intervalo, com a entrada do meia Gustavo Scarpa, que deu assistências para os gols de Luiz Adriano aos 7 e Felipe Melo aos 35 minutos.

O INÍCIO DO SPORT foi surpreendente pela velocidade, que resultou na abertura do placar logo aos 3 minutos, quando o Palmeiras ainda parecia desarrumado. Com o cruzamento rasteiro do lateral Luciano Juba, o atacante uruguaio Leandro Barcia finalizou de primeira, sem chance para o goleiro Weverson. O Palmeiras reagiu rápido, criou e pressionou muito, mas parou no alagoano Mailson, de 25 anos, 1,97m, goleiro do Sport, que terminou o jogo com 11 grandes defesas.

O PALMEIRAS aumentou ainda mais o ritmo na volta do intervalo e conseguiu o empate aos 7 minutos. O gaúcho Luiz Adriano aproveitou bem o cruzamento de Gustavo Scarpa e comemorou com o dedo na boca, pedindo silêncio aos torcedores, que o vaiavam, mas o aplaudiram ao ser substituído. Com outro cruzamento de Gustavo Scarpa e desvio de Willian, o meia Felipe Melo usou a cabeça aos 35 para a virada, levando a galera ao delírio.

GOL 400 DO ESTÁDIO – “Dedico o gol ao nosso amado e histórico treinador Luiz Felipe Scolari” – disse Felipe Melo, ao revelar que falou horas antes do jogo com o técnico: “O Scolari terminou assim: corre que tu vai fazer o gol”. Bom lembrar: o Allianz Parque foi inaugurado na quarta-feira, 19 de novembro de 2014, com o amistoso em que o Palmeiras decepcionou com atuação fraca e perdeu por 2 x 0 para o Sport. 

NOVOS VICE-LÍDERES – Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Piquerez; Felipe Melo, Danilo (Gustavo Scarpa) e Raphael Veiga (Patrick de Paula); Dudu (Danilo Barbosa), Luiz Adriano (Deyverson) e Rony (Willian) – o Palmeiras do técnico português Abel Ferreira, novo vice-líder com 49 pontos, 15 vitórias – nona em casa, terceira de virada -, 4 empates, 9 derrotas, saldo de 8 gols (42 a 34). O próximo jogo é domingo (31), em Porto Alegre, com o Grêmio.

COM A SUBIDA DO PALMEIRAS à vice-liderança, com menos 10 pontos que o líder Atlético Mineiro (59 a 49), o Fortaleza subiu para terceiro com 48. Com a derrota no Fla-Flu, o Flamengo desceu para o quarto lugar com 46 pontos e pode sair do G4, se o Bragantino, quinto com 46, vencer quinta (28), em casa, o Sport, em jogo antecipado da rodada 34, devido à final da Copa Sul-Americana, que o Bragantino disputará dia 20 de novembro com o Athletico Paranaense, no Uruguai.  

PARADOXAL QUANTO PAREÇA, o antepenúltimo Sport Club Recife, entre os que menos venceram (6 vezes), tem o ataque que menos fez gol (15), mas tem a defesa menos vazada (24), igual à do Flamengo e à do Atlético Goianiense. Na análise dos números da rodada 28, concluída na noite de ontem (25), com 25 gols, duas constatações: foi a primeira em que o Fluminense marcou três gols, e a segunda em que nenhum time visitante venceu.

POR FALAR EM ANTECIPAÇÃO, mais uma menos uma não faz diferença. Fluminense x Sport, da trigésima rodada, que seria domingo, 7 de novembro, foi antecipado para a noite de sábado (6), no Maracanã, porque domingo (7) haverá o clássico Vasco x Botafogo, em São Januário, pela trigésima quarta rodada da Série B. 

Foto: Espn