A frase do título desta matéria é de Damian Musto, volante do Internacional, postada no Twitter, horas antes da goleada (4 x 1) sobre o São José, na noite de ontem (15), no estádio Francisco Novelleto, nos arredores de Porto Alegre, pelo campeonato gaúcho. O apelo do jogador argentino, foi feito em tom dramático e veemente: “Estão esperando o quê? Parem tudo, filhos da puta! Estão brincando com a vida das pessoas como se fosse um videogame? Parem tudo e parem já, antes que seja tarde!

EXEMPLO – Argentino de 32 anos, Damian Musto está no Internacional desde janeiro, emprestado pelo Huesca, da segunda divisão da Espanha, até dezembro de 2020, a pedido do técnico argentino Eduardo Coudet, ex-meia de 45 anos, que o dirigiu no Rosário Central. Mesmo fora do jogo, Musto ficou revoltado: “É inaceitável que o futebol brasileiro não siga o exemplo da Europa, que suspendeu seus campeonatos. A vida é mais importante que tudo”.

O ÍDOLO – Damian Musto usa no Inter o número 5 de Pablo Guiñazú, seu ídolo, que fez com a camisa colorada o maior número de jogos (161), de 2007 a 2012, de sua carreira em dez times, e depois no Vasco, com 52 jogos, de 2013 a 2015. Musto fez questão de ressaltar que o avanço da epidemia do coronavírus é motivo muito forte para que os dirigentes do futebol brasileiro não aproveitem para dar demonstração de maturidade e bom senso.

A MÁSCARA – Muito revoltados com a confirmação do jogo, que ganharam (3 x 2) do São Luiz, da cidade de Ijuí, na Arena Grêmio sem público, os jogadores do Grêmio entraram em campo de máscara, como forma de protesto. O técnico Renato Portaluppi disse em tom veemente: “Fechar o estádio não adianta nada. O mundo parou para tentar evitar que o coronavírus se espalhe. O futebol brasileiro está fazendo o quê?”

SOM DA TORCIDA – O Corinthians colocou gritos gravados de seus torcedores no serviço de som da Arena Corinthians, durante o jogo da tarde de ontem (15) com o Ituano, mas não surtiram efeito. O muito que conseguiu foi o empate (1 x 1), com o gol de Luan, depois que Breno Lopes aproveitou a falha do goleiro Cassio para fazer o gol do Ituano. Foi o jogo 200 do time na Arena Corinthians: 123 vitórias, 54 empates, 23 derrotas.

MUITO RUIM – A campanha do Corinthians, atual tricampeão, é muito ruim no Campeonato Paulista 2020. Último do Grupo D, com 11 pontos, o time perde no saldo de gols para a Ferroviária, de Araraquara, em terceiro lugar. O líder é o Bragantino com 17 – de volta à Série A do Brasileirão -, e o vice-líder é o Guarani com 13 pontos.

PIOR SEQUÊNCIA – O Corinthians completou seis jogos sem vitória, pior série desde 2014 com o técnico Mano Menezes. Foi o oitavo jogo consecutivo sem virada, o quinto com o atual técnico Tiago Nunes. Bom registrar: com o 1 x 0 de ontem (15) sobre o Santo André, o Mirassol superou o Palmeiras e passou a ter o ataque mais positivo (16 a 15) do campeonato.

MINEIRO SUSPENSO – Depois dos jogos do fim de semana sem público, a Federação Mineira decidiu suspender o campeonato por tempo indeterminado. Pior para o Cruzeiro, derrotado ontem (15) pelo Coimbra, do município de Contagem, na Grande Belo Horizonte, no estádio Independência. O gol único foi do lateral Victor Hugo, de falta, aos 40 do segundo tempo, com desvio em Everton Felipe, tirando a chance do goleiro Fabio, recordista com 884 jogos. 

Foto: Divulgação/Internacional