O Barcelona não ganhou, mas a emoção de Messi foi ainda maior do que se houvesse feito o gol da vitória nos 2 x 2 deste sábado (19), no Camp Nou, pela décima quarta rodada do Campeonato Espanhol, com o Valencia, que fez 1 x 0, aos 29, com o gol do zagueiro francês Diakhaby. Ao empatar, aos 45 minutos, Messi igualou-se a Pelé, com 643 gols marcados pelo mesmo clube, como aconteceu com o eterno e único Rei do futebol, entre 1957 a 1974, com a camisa 10 do Santos FC.

EMOÇÃO DE PELÉ – Em suas redes sociais, acessadas por milhões de seguidores no mundo, Pelé extravasou: “Te admiro muito, Messi. Histórias como a nossa, de amar o mesmo clube durante tanto tempo, infelizmente serão cada vez mais raras no futebol. Quando o seu coração transborda de amor, é difícil mudar o seu caminho. Como você, eu sei o que é amar usar a mesma camisa todos os dias. Assim como você, sei que nada melhor do que o lugar onde a gente se sente em casa. Te admiro muito, Messi”.

DOIS BRASILEIROS – Do jogo histórico em que Messi completou 643 gols, igualando-se a Pelé com a camisa do Santos, só dois brasileiros participaram: o meia carioca Phillippe Coutinho, de 28 anos, revelado no Vasco e um dos destaques do Barcelona, e o zagueiro Gabriel Paulista, de 30 anos, já naturalizado espanhol, desde 2017 no Valencia. Ambos não esconderam a emoção, resumida por Phillippe Coutinho: “São momentos raros e que guardaremos para sempre”.

NO SEGUNDO TEMPO, dois uruguaios estabeleceram o empate final de 2 x 2. Logo aos 7 minutos, com belo voleio, o zagueiro Ronald Araújo fez o segundo gol do Barcelona, e aos 34, o atacante Maxi Gomez marcou o segundo gol do Valencia. O técnico holandês Ronald Koeman, de 57 anos, só lamentou o resultado: “Demos um inesperado passo atrás” – referindo-se ao quinto lugar do Barcelona, com 21 pontos, 8 atrás do líder Atlético de Madrid.

BOM LEMBRAR – Um dos melhores do mundo de todos os tempos, Ronald Koeman é o zagueiro com mais gols na história: 250 em 759 jogos, entre 1980 e 1997. Ele foi campeão nos três principais times da Holanda – PSV, Ajax e Feyenoord -, e marcou 87 gols em 264 jogos pelo Barcelona, entre 1989 e 1995, ganhando o tetracampeonato espanhol de 1990-91-92-93-94. Quando o Barcelona ganhou a Liga dos Campeões da Europa, Koeman foi o artilheiro com 8 gols em 12 jogos.

Carrossel PELE x MESSI — Foto: infoesporte