Escolha uma Página

O FC PORTO GANHOU O GRUPO B da fase de grupos da Liga dos Campeões, ao vencer com brilho o Atlético de Madrid por 2 x 1, na noite de hoje (1), no estádio do Dragão. O iraniano Mehdi Taremi fez 1 x 0, logo aos 6 minutos, com assistência de Evanilson, ex-Fluminense, que não marcou, mas teve atuação destacada.

COM O DOMÍNIO, O PORTO ampliou a vantagem aos 24 minutos, com o gol do atacante canadense Stephen Eustaquio, emprestado pelo Paços de Ferreira, após boa assistência do atacante maranhense Galeno, já naturalizado português. O gol do Atlético foi contra, de cabeça, do zagueiro espanhol Ivan Marcano, de 35 anos.

1º DO GRUPO B, O PORTO somou 12 pontos – 4 vitórias, 2 derrotas – e saldo de 5 gols (12 a 7). O Brugge, da Bélgica, foi o 2º, após o 0 x 0 de hoje (1) na Alemanha com o Leverkusen, e o Atlético de Madrid, também com 5 pontos, terminou em 4º, só com 1 vitória, 2 empates, 3 derrotas, e saldo negativo de 4 gols (5 a 9).

OS ANALISTAS ESPANHÓIS não perdoaram a má campanha. O diário Marca tachou o time do técnico argentino Diego Simeone como “um morto vivo”. Já o Mundo Deportivo, outro jornal influente, foi além: “O Atlético foi um time medíocre, decepcionante, ridículo, quebrado. Jan Oblak (goleiro) evitou vexame maior”.

SPORTING LEVA VIRADA E É ELIMINADO

O SPORTING só precisava empatar, fez 1 x 0, gol do atacante Arthur Gomes, de 24 anos, mineiro de Uberlândia, mas levou a virada do Eintracht Frankfurt, que havia derrotado por 3 x 0, no jogo de ida na Alemanha. Na volta do intervalo, o japonês Daichi Kamada empatou de pênalti e o francês Kolo Muani marcou o gol da virada, levando o Sporting à Liga Europa, o que sobrou da Liga dos Campeões.

A DERROTA no estádio José Alvalade, em Lisboa, causou revolta nos 40 mil torcedores do Sporting, que faz má temporada 2022-23. Fora da Taça de Portugal e em 5º no Campeonato Português, a 12 pontos do líder Benfica em 11 rodadas, o time leonino, do técnico Ruben Amorim, entrou em acentuado declínio.

TOTTENHAM VENCE DE VIRADA NA FRANÇA

O LONDRINO TOTTENHAM, do técnico italiano Antonio Conte, só precisava das próprias forças para ganhar o Grupo D, o que conseguiu com uma grande virada sobre o Olympique Marselha por 2 x 1, na noite de hoje (1), no estádio Velodrome, no Sul da França. 

O TIME FRANCÊS, único até hoje a ganhar a Liga dos Campeões, em 1992-93, usou a frase estampada em seu escudo: Droit au But (Direto ao Gol), e fez 1 x 0, gol do zagueiro congolês Mbemba, de cabeça, após exercer domínio na maior parte do primeiro tempo, em que a atuação da equipe inglesa foi apenas discreta.

NA VOLTA DO INTERVALO, o artilheiro e capitão Harry Kane assumiu o controle e o time empatou com a jogada que iniciou com o croata Ivan Perisic, que cruzou para o gol de cabeça do zagueiro francês Clément Lenglet, emprestado pelo Barcelona. E com assistência de Kane, o volante dinamarquês Hojbjerg fez o gol da virada.

FOI A 4ª DERROTA do Olympique Marselha, aumentando a crise do técnico croata Igor Tudor, ex-zagueiro de 44 anos, com alguns jogadores, principalmente com o meia Gerson, ex-Flamengo, reserva em quase todos os jogos, pouco aproveitado. Já o Tottenham, 3º na Premier League, ganhou moral para o clássico de domingo (6), em Londres, com o Liverpool, 9º, pela 13ª rodada.

Fotos: Sapo Desporto / Fan Page