O BRUGGE, DA BÉLGICA, tornou-se o segundo a fazer quatro gols no estádio do Dragão, em jogo da Liga dos Campeões, ao golear o Porto, campeão português, por 4 x 0, na noite de ontem (13), pela 2ª rodada da fase de grupos. O Porto havia sido goleado pelo Liverpool por 5 x 0 em 2017; 4 x 1 em 2019 e 5 x 1 em 2021.

O PORTO CONSEGUIU jogar pior do que na estreia da fase de grupos, quando perdeu na Espanha para o Atlético de Madrid por 2 x 1, tanto que já saiu para o intervalo perdendo por 2 x 0. A derrota deixou o técnico Sergio Conceição muito preocupado: “Difícil, bem difícil explicar a queda de rendimento da equipe”.

FERRAN JUTGLÀ, atacante espanhol de 23 anos, abriu o placar aos 15 minutos, convertendo pênalti que sofreu de João Mário. O ponta ganês Kamal Sowah, de 22 anos, fez o 2º aos 47. Na volta do intervalo, o lateral dinamarquês Andreas Olsen, de 22 anos, marcou o 3º aos 7, e o ponta norueguês Antonio Nusa, de 17 anos, fechou a goleada aos 44.

BRUGGE, no idioma flamenco-holandês, significa ponte, porque a cidade de Brugge, chamada pelos belgas de A Veneza do Norte, é cortada por inúmeros canais. Por alguns europeus é chamada de Bruxa, devido à tradução do idioma espanhol: Brujas (Bruxas, em português). O Clube Brugge lidera o Grupo B com 6 pontos em 2 jogos.

NO OUTRO JOGO DO GRUPO B, o visitante Atlético de Madrid perdeu para o Bayer Leverkusen por 2 x 0, na noite de ontem (13), diante de 26 mil torcedores, na Bay Arena. Os gols foram marcados no 2º tempo: o do ponta alemão Andrich, de 27 anos, aos 39, e o do ponta francês Moussa Diaby, aos 42.

O ÁRBITRO INGLÊS Michael Oliver, de 37 anos, causou revolta no técnico argentino Diego Simeone, de 52 anos, o mais antigo no comando de um time espanhol, desde 2011 no Atlético de Madrid, ao não marcar pênalti claríssimo, com a mão, do zagueiro burquinês Edmond Tapsoba, de 23 anos, quando estava 1 x 0.

O ATACANTE Matheus Cunha, convocado para os dois últimos amistosos da seleção brasileira antes da Copa do Mundo, só entrou nos minutos finais, substituindo o espanhol Alvaro Morata. O goleiro esloveno Jan Oblak, com dores no joelho, foi bem substituído pelo croata Ivo Grbic, de 26 anos, 1,95m, sem culpa nos gols.

foto: Lance!