Escolha uma Página

O gol do lateral-esquerdo gaúcho Alex Telles, com uma bomba no ângulo, aos 43 do segundo tempo, deu a vitória e a liderança ao FC Porto, neste último domingo (23) de fevereiro, no estádio do Dragão. O jogo foi com o Portimonense, décimo primeiro colocado, que perdeu pênalti aos 45 do primeiro tempo, chutado por cima pelo atacante Jackson Martinez, de 33 anos, colombiano de Quibdó, 570 km ao oeste da capital Bogotá.

DOMÍNIO – O Porto exerceu domínio na maior parte do jogo, mas seus finalizadores, Jesus Corona, mexicano de 27 anos; Moussa Marega, africano de 28 anos, e o brasileiro Tiquinho Soares, de 29 anos, natural de Souza, no sertão da Paraíba, não estiveram bem nas conclusões. Os tripeiros levaram susto no fim do primeiro tempo, mas saíram aliviados para o intervalo depois do pênalti que Jackson Martinez chutou muito por cima.

DOIS MINUTOS era o tempo que faltava para o árbitro lisboetaRui Costa, professor de Educação Física de 43 anos,  encerrar o jogo, quando Alex Telles arriscou o chute de canhota de fora da área e acertou o ângulo do goleiro Suichi Gonda, japonês de 30 anos, 1,81m, que saltou em vão. Alex Telles, de 27 anos, é da Serra Gaúcha de Caxias do Sul e começou no Grêmio. Joga no Porto desde 2016, comprado do turco Galatasaray.

SONO DE LÍDER – FC Porto pernoita na liderança com 56 pontos – 18 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, saldo de 32 gols (47 a 15) -, esperando que o Gil Vicente FC, décimo primeiro com 26 pontos, vença o Benfica – 54 pontos, 18 vitórias, 3 derrotas, saldo de 37 gols (49 a 12) -, amanhã (24), no estádio Cidade de Barcelos, a 375 km da capital Lisboa, que estará com os 13 mil lugares ocupados.

Foto: reprodução youtube