Em seu primeiro jogo como titular, o atacante Evanilson, cearense de 21 anos, ex-Fluminense, marcou neste sábado (24) o gol da vitória (1 x 0) do Porto sobre o Gil Vicente, no estádio do Dragão. A jogada foi de Shoya Nagajima, de 26 anos, atacante japonês com boas atuações desde a temporada 2019-2020, campeão português e da Taça de Portugal. Evanilson era do Tombense, fez 9 gols em 22 jogos pelo Fluminense, que ganhou R$13 milhões com sua venda ao Porto em setembro.

VICE-LÍDER – A terceira vitória em cinco rodadas manteve o Porto na vice-liderança com 10 pontos, a dois do Benfica, que após ganhar os quatro primeiros jogos, completará a rodada segunda (26), com amplo favoritismo no jogo com o Belenenses, décimo com 5 pontos, no estádio da Luz, em Lisboa. O Porto tentará na próxima terça (27) a reabilitação na fase de grupos da Liga Europa, no jogo com o grego Olympiacos, no estádio do Dragão, depois de perder como visitante (3 x 1) para o Manchester City.

BOM GOLEIRO -A vitória do Porto sobre o Gil Vicente poderia ter sido mais ampla, mas o goleiro paulista Denis Matos, de 33 anos, 1,88m, fez boas defesas, como no pênalti que o meia colombiano Mateus Uribe bateu à sua esquerda, aos 15 do segundo tempo. Ele fez 173 jogos, entre 2009 e 2017 pelo São Paulo, foi campeão catarinense em 2018 pelo Figueirense e saiu em 2019 para o Gil Vicente, após rescindir o contrato, em ação que moveu na Justiça do Trabalho de Florianópolis.

SPORTING 2 x 1 – Dirigido pelo lisboeta Ruben Amorim, de 35 anos, ex-meia, o Sporting foi à Ilha dos Açores, a 1.430 km de Lisboa, e manteve o terceiro lugar, com 10 pontos, ao vencer o Santa Clara, no estádio São Miguel. Os dois gols foram do meia Pedro Gonçalves, de 22 anos, natural de Chaves, e o gol do Santa Clara foi do atacante Thiago Santana, de 27 anos, baiano da Serrinha, região Nordeste do estado, a 175 km da capital Salvador.

VAR DECIDE – No estádio Choupana, em Funchal, o Nacional da Ilha da Madeira empatou (1 x 1) com o Paços de Ferreira, após fazer 1 x 0, gol do atacante colombiano Brayan Riascos, e de o meia Stephen Eustaquio, canadense de 23 anos, empatar. O VAR anulou nos minutos finais o que seria o gol da vitória do Nacional porque o zagueiro Larry Azouni, francês de 26 anos, estava impedido por cinco centímetros.

CLÁSSICO – O final de outubro será marcado na Ilha Madeira, região autônoma de Portugal, frente à costa Noroeste da África, pelo seu maior clássico, no próximo sábado (31), Marítimo x Nacional, no estádio dos Barreiros, do Marítimo, time em que o destaque é o atacante Rodrigo Pinho, filho do carioca Nando, ex-artilheiro do Bangu, Flamengo, Internacional e Hamburgo (Alemanha). Na véspera, sexta (30), o Paços de Ferreira receberá o vice-líder Porto, no estádio Capital do Móvel.

Foto: Divulgação/Porto