Escolha uma Página

O empate sem gol no amistoso da noite desta quarta (7), em Lisboa, reforçou a união de Portugal e Espanha, que desejam promover em conjunto a vigésima quarta Copa do Mundo em 2030 e estão preparando a candidatura a ser apresentada à FIFA. Bom lembrar que Japão e Coreia do Sul foram os primeiros, em 2002, quando o Brasil foi campeão pela quinta vez, e que o Uruguai também pleiteia o patrocínio da Copa de 2030, para comemorar os 100 anos da primeira Copa, que promoveu e foi campeão em 1930.

CRISTIANO RONALDO saiu amargo do 0 x 0 porque o travessão impediu que comemorasse 100 vitórias pela seleção, após seu chute forte de canhota, aos 8 minutos, e depois de sua assistência para o meia Renato Sanches, aos 22, também do segundo tempo, ter acertado a trave. A Espanha equilibrou o jogo e o resultado foi justo, no terceiro empate consecutivo entre as duas seleções: 0 x 0 na Eurocopa 2012 e 3 x 3 na Copa do Mundo de 2018, com três gols de Cristiano Ronaldo.

JOGO 166 – O empate sem gol da noite desta quarta (7) foi o jogo de número 166 de Cristiano Ronaldo pela seleção, com 99 vitórias, 40 empates, 27 derrotas. O maior artilheiro da era moderna do futebol europeu já marcou 101 gols em 166 jogos com a camisa de Portugal, desde a estreia em 20 de agosto de 2003, quando deu assistência para Simão Sabrosa fazer o gol único da vitória no amistoso no estádio de Chaves com a seleção do Cazaquistão.

PORTUGAL – Rui Patrício, João Cancelo, Pepe (Ruben Dias), Ruben Semedo e Raphael Guerreiro (Nelson Semedo); Ruben Neves, João Moutinho (William Carvalho) e Renato Sanches; André Silva (Bernardo Silva), Cristiano Ronaldo (João Félix) e o estreante Francisco Trincão. O técnico Fernando Santos, campeão europeu 2016 e da Liga das Nações 2018-19, será homenageado pela Federação Portuguesa, sábado (10), quando completará 66 anos, um dia antes da estreia na Liga das Nações, em Paris, com a França, atual campeã do mundo. 

ESPANHA – Kepa, Sergi Roberto, Diego Llorente, Eric Garcia (Sergio Ramos) e Reguilón (Gayá); Dani Ceballo (Campaña), Busquets (Rodri) e Canales (Adama Traoré); Rodrigo Moreno (Mikel Merino), Gerard Moreno e Dani Olmo. Meio-campo notável do Real Madrid (213 jogos), Barcelona (300 jogos) e da seleção (62 jogos), o técnico Luis Enrique Martinez voltou ao comando da seleção, após a filha Xena, de sete anos, ter morrido de câncer, durante a preparação para a Copa do Mundo de 2018.

LIGA DAS NAÇÕES – A estreia da Espanha na Liga das Nações 2020-2021 será no próximo sábado (10), no estádio Alfredo Di Stefano, no município de Valdebebas, a 26 km da capital Madrid, com a Suíça. Bom dizer: no 0 x 0 com Portugal, a Espanha não fez gol depois de 42 jogos. Campeã do mundo pela única vez em 2010, a seleção espanhola não perde desde os 2 x 3 em amistoso com a Croácia, vice-campeã do mundo em 2018, em novembro daquele ano pela Liga das Nações. Desde então, 10 vitórias e 4 empates.

2.500 ESPECTADORES – Com capacidade para 50.095 torcedores, o estádio José Alvalade, do Sporting de Lisboa, um dos três maiores de Portugal – os outros são o estádio da Luz do Benfica e o estádio do Dragão do Porto , teve autorização para receber só 2.500 espectadores, todos convidados da Federação Portuguesa. É a retomada, gradativa e responsável, da volta do público aos estádios, depois da pandemia do novo coronavírus. O distanciamento de cinco metros foi rigorosamente observado.

Fotos: Rafael Marchante/Reuters, Yahoo Esportes, Brasil 247, Jornal Correio