Escolha uma Página

EM UM DOS PIORES 48 jogos da Eurocopa de 2024, Portugal foi eliminado pela França, nos pênaltis (5 x 3), depois de 0 x 0 em 120 minutos, na noite desta 6ª feira (5) no Volkspark, da cidade portuária de Hamburgo. O goleiro Diogo Costa, que defendeu três pênaltis nas oitavas de final com a Eslovênia, hoje não conseguiu defender nenhum.

O ÚNICO A FALHAR foi o meia João Félix, que acertou a trave na sexta cobrança. Dembélé, Fofana, Koundé, Barcola e Theo tiveram 100% de aproveitamento pela França, e Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva e Nuno Mendes converteram para Portugal, eliminado com duas vitórias, uma derrota e sem fazer gol nos últimos três jogos.

A FRANÇA VAI À SEMIFINAL com duas vitórias por 1 x 0 sobre a Áustria e a Bélgica, 0 x 0 com a Holanda e com Portugal, com apenas três gols marcados, sendo dois contra, e um sofrido em cinco jogos. O técnico Didier Deschamps alterou a forma de jogar da equipe, que era mais agressiva ao ganhar a Copa do Mundo de 2018 e ser vice em 2022.

PORTUGAL ELIMINADO: Diogo Costa, Cancelo (Semedo), Pepe, Ruben Dias e Nuno Mendes; Vitinha (Mateus Nunes), Palhinha (Ruben Neves) e Bruno Fernandes (Francisco Conceição); Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo e Rafael Leão (João Félix). A seleção é dirigida pelo espanhol Roberto Martinez, técnico da Bélgica nas duas últimas Copas do Mundo.

CRISTIANO RONALDO decepcionou em sua sexta e última Eurocopa, a única em que não marcou sequer um gol. Maior artilheiro do torneio com 14 gols, ele teve atuações apagadas, com apenas 11 finalizações, só duas na direção do gol, e apenas duas assistências em cinco jogos.

PORTUGAL teve o recorde negativo de três jogos consecutivos sem fazer gol, ao perder para a Geórgia (2 x 0) e 0 x 0 com Eslovênia e França, o que nunca havia acontecido na história da seleção das quinas em Eurocopa ou Copa do Mundo.

A FRANÇA VAI DECIDIR a vaga na final do dia 14 com a Espanha, na próxima 3ª feira, na Allianz Arena, do Bayern de Munique.

Fotos: UEFA and Ronny HARTMANN / AFP