Escolha uma Página

O BENFICA, maior campeão português com 38 títulos e bicampeão da Liga dos Campeões, nos já distantes 60-61/61-62, estreou com derrota para o Salzburg, decacampeão da Áustria, por 2 x 0, decepcionando os 65 mil torcedores na noite desta 4ª feira, no estádio da Luz, em Lisboa. Logo aos dois minutos, o goleiro ucraniano Anatoliy Trubin, de 22 anos, cometeu pênalti, mas o Benfica se livrou do gol porque o atacante marfinense Konaté, de 19 anos, isolou a cobrança.

O BENFICA jogou com 10 desde os 12 minutos, com a expulsão do zagueiro Antonio Silva, de 19 anos, que cometeu o segundo pênalti da noite, ao desviar a bola com a mão. O técnico austríaco Gerhard Struber, do Salzburg, trocou o batedor, e o atacante croata Roko Simic, de 20 anos, converteu com categoria. O 2º gol dos visitantes foi logo aos seis minutos do 2º tempo, marcado pelo meia israelense Oscar Glu, de 19 anos.

O SALZBURG é o time mais jovem da Liga dos Campeões 2023-2024, com média de 21 anos 183 dias, e o mais velho é o goleiro Alex Schlager, de 27 anos, 1,94m, que evitou um gol olímpico do argentino Di Maria, melhor do Benfica no jogo, quando ainda estava 1 x 0. Apesar da estreia com derrota, o técnico alemão Roger Schmidt, ex-meia de 56 anos, elogiou a atuação: “Não é fácil jogar com menos um, logo desde o início, mas nossa equipe reagiu bem e teve boa postura”.

NO OUTRO JOGO do Grupo D, 40 mil torcedores fizeram a festa na Arena Reale, em San Sebastián, cidade do País Basco, para saudar a volta da Real Sociedad à Liga dos Campeões depois de 10 anos. O time correspondeu com boa atuação, fez 1 x 0 logo aos 4 minutos, com o gol do meia espanhol Brais Mendez, mas cedeu o empate aos 43 minutos do 2º tempo, quando o argentino Lautaro Martinez aproveitou a única chance de gol da Inter de Milão. Empate com sabor de derrota.

BRASILEIRO MARCA NA GOLEADA INGLESA

O ARSENAL voltou à Champions em grande estilo, depois de seis anos, com a goleada sobre o holandês PSV, na noite desta 4ª feira (20), aplaudido por 40.704 torcedores, lotação máxima do Emirates Stadium, em Londres. O time do técnico espanhol Mikel Arteta, ex-meia de 41 anos, fez 3 x 0 no 1º tempo, gols do meia inglês Bukayo Saka, de 22 anos; do ponta belga Leandro Trossard, de 28 anos, e do atacante Gabriel Jesus, de 26 anos, paulistano do bairro do Limão.

NA VOLTA DO INTERVALO, o Arsenal diminuiu o ritmo, principalmente nos 25 minutos finais, depois que o meia norueguês Martin Odegaard, de 24 anos, capitão do time, fechou a goleada do jogo com menos faltas (25) na rodada de abertura da fase de grupos da Champions 2023-2024.

NO OUTRO JOGO do Grupo B, no estádio Ramon Sanchez Pizjuan, Sevilha e Lens empataram (1 x 1), com gols no 1º tempo. O atacante argentino Lucas Ocampos, de 29 anos, abriu o placar aos 9 minutos, e o meia francês Angelo Fulgini empatou aos 24. Para os técnicos José Luis Mendilibar, ex-meia de 62 anos, e Frank Haise, ex-meia francês de 52 anos, o resultado se ajustou bem ao que as equipes produziram.

DOIS GOLS DO CAPITÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA

O MEIA CASEMIRO, capitão da seleção brasileira, marcou dois gols, mas não evitou a derrota do Manchester United para o Bayern Munique por 4 x 3, na noite desta 4ª feira (20), diante de 75 mil torcedores, lotação máxima da Allianz Arena, em Munique. O goleiro camaronês André Onana, comprado do Milan por 52 milhões de euros (R$275 milhões), assumiu a culpa da derrota, com a falha gritante no gol do ponta alemão Leroy Sané, aos 28 minutos.

O MANCHESTER UNITED sentiu a falha e levou o 2º gol, do ponta alemão Leroy Sané, logo quatro minutos depois. No 2º tempo, o dinamarquês Hojlund ensaiou a reação inglesa com o gol aos 4, mas aos 8, o inglês Harry Kane fez 2 x 1, de pênalti. Os minutos finais foram eletrizantes: Casemiro marcou o 2º gol do Manchester United aos 43; o francês Mathis Tel fez o 4º do Bayern aos 47, e Casemiro, o 3º dos ingleses.

NA VOLTA DO INTERVALO, com o time perdendo por 2 x 0, Casemiro reuniu os jogadores no centro do gramado e os exortou à reação. O técnico holandês Erik Ten Hag, ex-zagueiro de 53 anos, elogiou a iniciativa do jogador da seleção brasileira. Há exatos 45 anos, desde 1978, o time do Manchester United não sofria três gols ou mais em três jogos consecutivos.

NO OUTRO JOGO do Grupo A, no Rams Park, em Istambul, o Galatasaray escapou da derrota para o visitante Copenhague, graças ao gol do meia gaúcho Tetê, de 23 anos, revelado no Grêmio, aos 43 minutos do 2º tempo. Matheus Martins, o Tetê, é de Alvorada, município da região metropolitana de Porto Alegre, e foi campeão sul-americano Sub-20 em 2019, primeiro título do técnico Ramon Menezes.

O BRASILEIRO TETÊ foi dos primeiros a sair da Ucrânia, logo após a invasão das tropas russas, em fevereiro de 2022, depois de ser bicampeão pelo Shajhtar. O Galatasaray, do técnico turco Okan Buruk, ex-meia de 49 anos, chegou a ser vaiado quando perdia por 2 x 0 para o Copenhague, do técnico dinamarquês Jacob Neestrup, ex-meia de 35 anos, que teve a carreira abreviada por lesões no joelho, que o levaram a duas cirurgias.

VITÓRIA DRAMÁTICA DO MAIOR CAMPEÃO

O RECORDISTA REAL MADRID, 14 vezes campeão, sofreu até o fim para estrear com vitória na Champions 2023-2024, por 1 x 0 sobre o estreante Union Berlin, diante de 65.207 torcedores no estádio Santiago Bernabeu. O time do técnico Carlo Ancelotti, mascando chiclete do início ao fim, só conseguiu o gol aos 49 minutos do 2º tempo, com o inglês Jude Bellingham, de 20 anos, finalizando na pequena área.

BOM DIZER: Jude Bellingham foi comprado do Borussia Dortmund, em junho de 2023, por 103 milhões de euros, tornando-se então o segundo mais caro da história do Real Madrid, que em 2009 pagou 94 milhões de euros ao Manchester United pela compra de Cristiano Ronaldo. O meia belga Eden Hazard, de 32 anos, atualmente sem clube, é o mais caro, comprado em 2019 do londrino Chelsea por 115 milhões de euros.

O REAL MADRID pressionou desde o início e o Union Berlin só conseguiu contra-atacar, mas sem exigir nenhuma defesa do goleiro Kepa Arrizabalaga, espanhol de 28 anos, emprestado pelo londrino Chelsea, após a contusão do belga Courtois, que se recupera de cirurgia no joelho. Em contra-partida, o goleiro dinamarquês Frederik Ronnow, de 31 anos, teve atuação notável, evitando a goleada, e ainda com sorte de duas bolas na trave.

OUTRO DESTAQUE na defesa do Union Berlin foi o zagueiro italiano Leonardo Bonucci, de 36 anos, que vai encerrar a carreira em 1 de julho de 2024, quando termina a atual temporada, depois de oito títulos consecutivos de campeão pela Juventus de Turim, após o primeiro, em 2011-2012 pela Inter de Milão. Bonucci teve excelente atuação, antecipando-se sempre com firmeza nos desarmes.

RODRYGO FOI O ÚNICO brasileiro do jogo, de vez que Militão se recupera de cirurgia e Vinicius Junior de lesão muscular. O árbitro norueguês Andreas Eskas, de 35 anos, aplicou o cartão amarelo mais rápido da Champions 2023-2024, aos 35 segundos, punindo o volante francês Lucas Toussard, de 26 anos, do Union Berlin, por falta dura no meia Luka Modric. O outro cartão, aos 36 minutos, foi para o meia Tchouamani, por falta dura no meia Kral.

NO OUTRO JOGO do Grupo C, o visitante Napoli, campeão italiano, venceu o Braga por 2 x 0, no estádio da Pedreira, que recebe 29 mil torcedores. O lateral-direito Giovanni Di Lorenzo, de 30 anos, fez o gol do 1º tempo. O ponta guineense Bruma, de 29 anos, naturalizado português, empatou aos 39, e o gol da vitória napolitana, aos 43, foi contra do zagueiro Sikou Niakaté, maliano de 24 anos, emprestado pelo francês Guingamp.

47 GOLS EM 16 JOGOS

A RODADA DE ABERTURA da fase de grupos da Liga dos Campeões 2023-2024 registrou 47 gols em 16 jogos, média de 2.93 gols por jogo, com apenas um 0 x 0 Milan x Newcastle, e só duas goleadas: Barcelona 5 x 0 Royal Antuérpia (Bélgica) e Arsenal 4 x 0 PSV. Foram sete vitórias dos mandantes, quatro dos visitantes e cinco empates. A segunda rodada será nos dias 3 e 4 de outubro, classificando-se os dois primeiros de cada grupo para o mata-mata das oitavas de final.

Fotos: ESPN Brasil, Premier League Brasil, Isto É Independente e Jornal de Notícias e Twitter