A subida de duas posições e a chegada ao terceiro lugar, ultrapassando Palmeiras e São Paulo, foi o presente aos torcedores que lotaram a Arena Corinthians neste primeiro domingo (1) de setembro, mas só sentiram o gosto da vitória (1 x 0) aos 43 do segundo tempo, quando Gustavo fez o gol, após o goleiro Cleiton, do Atlético Mineiro, falhar feio na cobrança do tiro de meta. Mateus Vital aproveitou o erro e deu o passe para Gustavo.

O CORINTHIANS soma 31 pontos, com a oitava vitória – sexta em casa -, superando o São Paulo por apenas um gol (10 x 9) no saldo. O Palmeiras tem 30 pontos, mas um jogo a menos, que disputará dia 10, em casa, com o Fluminense. As comemorações dos 109 anos do clube se estenderão até o jogo do próximo sábado (7) com o Ceará, novamente na Arena Corinthians, que registrou R$1.524.359,18. 31.961 pagantes.

CORINTHIANS – Cassio, Fagner, Manoel, Gil e Avelar; Ralf, Júnior Urso, Mateus Vital e Pedrinho (Janderson); Vagner Love (Gustavo) e Clayson (Jadson).Técnico – Fabio Carille. Nenhum advertido com cartão amarelo, pela primeira vez no atual campeonato.

ATLÉTICO MINEIRO – Cleiton, Patric, Rever, Igor Rabello e Fabio Santos; Jair, Elias, Juan Cazares (Otero) e Vinícius (Nathan); Chará (Geuvânio) e Ricardo Oliveira. Técnico – Rodrigo Santana. Foi a terceira derrota consecutiva – quarta como visitante – e o Atlético é sétimo com 27 pontos, igual ao Internacional – 8 vitórias, 3 empates, 6 derrotas -, mas em desvantagem no saldo de gols (4 a 5). O Inter fez 21 e sofreu 16. O Atlético marcou 22, sofreu 18 gols.

WILTON SAMPAIO, árbitro da Federação Goiana e da FIFA, teve mais uma atuação segura. O único cartão amarelo que mostrou foi ao meia Elias, do Atlético Mineiro.

Foto: UOL Esporte