O grupo Flamengo Tradição e Juventude entrou com pedido no Conselho Deliberativo em que solicita o afastamento preventivo de Rodolfo Landim da presidência do clube e espera que Antonio Alcides, presidente do Conselho, convoque reunião o quanto antes para decidir. O grupo Flamengo Tradição e Juventude justifica o pedido porque o presidente Rodolfo Landim é investigado na Operação Greenfield por fraudes econômicas envolvendo dinheiro público.

No pedido de afastamento, o desembargador Siro Darlan, sócio que representa o grupo Flamengo Tradição e Juventude, destaca trechos dos estatutos do clube, que preveem as punições, e ressalta: “Se como administrador da coisa pública, está sendo acusado de agir de modo fraudulento, torna-se temeroso deixar que Rodolfo Landim continue como gestor da administração do Clube de Regatas do Flamengo”. 

PELO TELEFONE – Depois da goleada por 6 x 0 no jogo de ida no Maracanã, o Flamengo será dirigido hoje (5), na área técnica da Arena das Dunas, em Natal, pelo assistente técnico Marcos Sales, filho do ex-lateral-esquerdo Marco Antonio, do Fluminense e da seleção brasileira. Ele receberá instruções pelo celular do técnico Renato Gaúcho, que ficou no Rio treinando os titulares para o jogo de domingo (8), no Maracanã, com o Internacional.

GABRIEL BATISTA, Mateuzinho, Bruno Viana, Leo Pereira e Ramon; João Gomes, Tiago Maia e Lazaro; Vitinho, Pedro e Michael – a provável escalação para o jogo com o ABC, que terá a missão impossível de ganhar por 6 x 0 para decidir nos pênaltis a vaga às quartas de final. Ramon Abatti Abel, da Federação Catarinense, será o árbitro. Os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil serão decididos em sorteio, sexta (6), na sede da CBF.

PÚBLICO NAS QUARTAS – Olímpia e Flamengo terão público nos jogos de 11 e 18 deste mês. A Associação Paraguaia de Futebol liberou apenas dois mil ingressos, que serão oferecidos aos sócios do Olímpia, na próxima quarta (11), no estádio Manuel Ferreira, em Assunção. O Flamengo espera que os 22 mil ingressos do jogo do dia 18, em Brasília, sejam vendidos, para que não se repita o fracasso dos apenas 5.500 comprados pelos torcedores para o jogo com o Defensa.

MUITAS CRÍTICAS – A decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva de atender o pedido do Flamengo, pela volta do público nos jogos em que for mandante no Campeonato Brasileiro, foi recebida com muitas críticas. Depois do Palmeiras e do Bragantino, também Santos, Internacional e Corinthians manifestaram-se contrários. O Flamengo vai insistir com as autoridades sanitárias municipais pelo aumento de 10% para 30% da capacidade do Maracanã, ou fazer os jogos fora do Rio.

Foto: Ricardo Moraes/Reuters