Site Futebol na Veia

O Boavista de Saquarema foi o primeiro dos sete times do Rio de Janeiro eliminado da edição 50 da Copa São Paulo, ao sofrer neste sábado (5) a segunda derrota (4 x 2) para o Taquaritinga, da região central de São Paulo, a 333 km da capital, depois de perder (3 x 1) na estreia para o Bahia. Para cumprir tabela, o Boavista se despede terça (8) com o Guarani de Campinas, que vai decidir o primeiro lugar do Grupo 12 – ambos com 4 pontos, 1 vitória, 1 empate – com o Taquaritinga.

O Boavista havia feito pré-temporada no Centro de Desportos da Aeronáutica, no bairro Sulacap, na zona oeste do Rio, mas não confirmou a boa preparação, apresentando-se mal nas duas derrotas em que sofreu sete gols e marcou três. O Guarani de Campinas, terceiro com 2 pontos, precisa ganhar terça do Boavista e esperar pelo resultado de Taquaritinga e Bahia para tentar a segunda vaga do grupo. O empate classifica Bahia e Taquaritinga pelo saldo de gols.

BOTAFOGO PERDE E TEM UM EXPULSO


Depois de empatar na estreia (1 x 1) com o Horizonte, do Ceará, o Botafogo jogou ainda pior neste sábado (5) e foi derrotado (1 x 0) pelo Cuiabá, em Franca, nordeste de São Paulo, em jogo do Grupo 9, liderado pelo saldo de gols pelo time do Mato Grosso. O Francana venceu (1 x 0) o Horizonte e está em segundo pelo saldo de gols. Botafogo e Horizonte só têm 1 ponto. Cuiabá e Francana somam 4 pontos e desde a estreia se mostraram como as equipes mais bem armadas do torneio.

Reprodução

EXPULSÃO – O meia Luis Henrique, do Botafogo, foi expulso aos 34 do segundo tempo, ao dar um pontapé após levar drible desconcertante do meia Guilherme, do Cuiabá. A expulsão ocorreu dois minutos depois que o atacante Lucas marcou o gol do Cuiabá aos 32, aproveitando a volta da bola, em chute forte de Nicolas na trave do goleiro Lucas. No minuto final dos acréscimos de cinco minutos, Caio Alexandre perdeu a chance do empate ao cabecear para fora.

EX-ARTILHEIRO – O Cuiabá Esporte Clube é um dos mais novos da Copa São Paulo, fundado em 12 de dezembro de 2001 pelo ex-atacante Luis Carlos Tóffoli – Gaúcho – 7/3/64 – 17/3/16 -, que marcou 98 gols em 198 jogos pelo Flamengo, em 87-88. Foi campeão da Copa do Brasil em 90, carioca em 91 e brasileiro em 92. Duas vezes consecutivas artilheiro do Campeonato Carioca – 14 gols em 90 e 17 gols em 91 -, Gaúcho foi também artilheiro da Libertadores 91 com 17 gols.

FLAMENGO – Líder do Grupo 15, depois de golear (4 x 0) o River do Piauí, na estreia, o Flamengo volta a campo neste domingo (6), em Jaguariúna, na região metropolitana de Campinas, a 125 da capital paulista, para o jogo com o Trindade AC, da região central de Goiás, a 16 km de Goiânia. Com outra vitória, o Flamengo confirma a classificação. OUTRO CARIOCA a jogar neste domingo é o Madureira, último do Grupo 26, que na estreia perdeu (2 x 0) para o Coritiba.

FLUMINENSE, líder do Grupo 23, volta a jogar segunda (7), depois de golear (7 x 0) o Parnahyba, do Piauí, na estreia, e deve decidir o primeiro lugar, quinta (10), com o Audax, de São Paulo. O VASCO, líder do Grupo 27, goleou (4 x 1) o Carajás, do Pará, e faz o segundo jogo, segunda (7), com o Taubaté. VOLTA REDONDA estreou vencendo (1 x 0) o Paraná e decide segunda (7) o primeiro lugar do Grupo 32 com a Portuguesa, no último jogo da noite, no estádio do Canindé, na capital paulista.