Escolha uma Página

Foto: site goal.com / Getty

O PSG de Neymar, outra vez sem brilho, ficou mais perto da eliminação na fase de grupos da Liga dos Campeões, ao empatar (1 x 1) com o Napoli, na noite desta terça (6), no estádio San Paolo, em Napoles, no sul da Itália. O único brasileiro a brilhar no jogo, intenso do início ao fim, foi o carioca Allan, meio-campo do Napoli revelado no Vasco. O zagueiro Tiago Silva, capitão do PSG, falhou no lance do empate, cometendo o pênalti no espanhol Callejón. 

O VETERANO goleiro Gianluigi Buffon, que em janeiro vai completar 41 anos, também teve participação na falha de Tiago Silva. Eles se enrolaram na tentativa de dominar a bola e o goleiro italiano atrapalhou o zagueiro brasileiro, que acabou derrubando o atacante espanhol. Na cobrança, de pé direito, Lorenzo Insigne chutou rasteiro, junto da trave. Buffon acertou o canto, mas sem tempo de chegar na bola.

BELA JOGADA – Das poucas coisas boas do time francês foi a bela jogada de Mbappé, melhor jogador jovem da Copa 2018, que fez um passe primoroso, em diagonal, para o lateral-esquerdo Juan Bernat, espanhol, 25 anos, marcar o gol, no minuto final do primeiro tempo. O goleiro colombiano David Ospina, 30 anos, 1,83m, havia feito poucas, mas boas defesas, porém não pôde evitar o gol. Ospina é do Arsenal de Londres, emprestado ao Napoli.

BRILHO BELGA – Atuação exuberante foi a do meia belga Dries Mertens, um dos destaques do time napolitano. Quem não esteve bem foi o argentino Di Maria, substituído pelo artilheiro uruguaio Cavani, que teve pouco mais de 15 minutos e pouco finalizou, quando o técnico alemão Thomas Tuchel tentou tornar o time francês mais ofensivo. O técnico italiano Carlo Ancelotti orientou muito bem o Napoli nas jogadas de antecipação.

TIME DOMÉSTICO – Revendo o PSG – líder invicto e novo recordista de vitórias – 12 em 12 jogos – nos campeonatos europeus, mantenho minha convicção de que se trata de um time doméstico. Os jogadores que contratou, com o suporte do fundo de investimentos do Catar, poderiam dar um toque de qualidade à equipe nos grandes jogos internacionais. Mas, bem ao contrário, a ameaça é ainda mais acentuada de que não vai conseguir sequer passar de fase.

PSG CAIU PARA terceiro no Grupo C, só um ponto à frente do lanterna Estrela Vermelha, da Sérvia, que será seu adversário na rodada final, em Belgrado. O Napoli lidera com 6 pontos – 1 vitória, 3 empates, saldo de 1 gol; o Liverpool, vice-líder, também com 6 pontos – 2 vitórias, 2 derrotas -, o PSG com 5 pontos – 1 vitória, 2 empates, 1 derrota -, fez 11 e sofreu 7, e o Estrela Vermelha, 4 pontos, 1 vitória,1 empate, 2 derrotas, é o único com saldo negativo (3 a 10).