Escolha uma Página

ONZE GOLS NOS DOIS JOGOS da noite de hoje (16) da eletrizante Liga dos Campeões, maior torneio de clubes do mundo, em que o PSG goleou o Barcelona por 4 x 1 e se classificou para disputar a semifinal com o Borussia Dortmund, que eliminou o Atlético de Madrid por 4 x 2. Manchester City x Real Madrid e Bayern Munique x Arsenal decidirão amanhã (17) quem disputará a outra semifinal.

O BARCELONA jogava pelo empate, após vencer o jogo de ida em Paris por 3 x 2, e começou bem, com o 90º gol do gaúcho Raphinha, em 80 jogos, desde 2022 no clube, mas ficou com 10 aos 30 minutos, quando o zagueiro uruguaio Ronald Araújo foi expulso, com vermelho direto, ao puxar a camisa do atacante Barcola.

O BARCELONA teve que recompor a defesa, com a entrada de Iñigo Martinez no lugar do ponta Lamine Yamal, de 16 anos, que criou a jogada do gol de Raphinha, e o PSG pressionou muito, parou em grandes defesas do goleiro alemão Ter Stegen, mas conseguiu o empate aos 40 minutos, com o gol de Dembélé.

NA VOLTA DO INTERVALO, a virada do PSG, com três gols em sete minutos, o 2º do meia português Vitinha, aos 9; o 3º e o 4º, de Mbappé, aos 13, de pênalti, do ala português João Cancelo em Dembélé, e aos 44, em contra-ataque. Mbappé se isolou como artilheiro da Champions com 8 gols.

BARCELONA 1 x 4 PSG, sob 15 graus, registrou 56.309 torcedores no Estádio Olímpico Lluis Companys, na colina de Montjuic, um dos pontos mais belos da cidade, com vista deslumbrante para o porto e a parte antiga de Barcelona. Os críticos espanhóis classificaram como “suspeita e tendenciosa” a atuação de Istvan Kovacs, de 39 anos, romeno de origem húngara, árbitro Fifa desde 2010.

MUITOS TORCEDORES jovens do Barcelona, formados na época de ouro da geração Messi, recordista de jogos (778), gols (672) e títulos (34), entre outros, 10 de campeão espanhol, 4 Champions e 3 Mundiais de clubes, choraram muito. Alguns jogadores, que estavam no banco de reservas, cobriram o rosto com o agasalho.

A OITO PONTOS DO LÍDER Real Madrid (78 a 70), com quem faz o clássico da 32ª rodada, domingo (21), o Barcelona perdeu, ao ser eliminado pelo PSG, a única chance de título da temporada 2023-2024, e também a vaga entre os grandes do 1º Super Mundial de Clubes da Fifa, em 2025, nos Estados Unidos.

VIRTUAL CAMPEÃO FRANCÊS de 2023-2024, faltando cinco rodadas, com 10 pontos de vantagem sobre o vice-líder Stade Brestois (63 a 53), o PSG é semifinalista da Champions pela 4ª vez, impediu a 17ª classificação do Barcelona e interrompeu a série invicta de 14 jogos da equipe catalã.

Foto: Terra / PSG instagram