Com atuação excelente do canhoto argentino Ángel Di Maria, 31 anos, 1,80m, que marcou dois gols em vinte minutos, aos 13 e aos 33, o PSG destroçou (3 x 0) o Real Madrid na abertura do Grupo A da Liga dos Campeões, na noite de ontem (18), no Parque dos Príncipes, em Paris. Outro argentino que se destacou foi o atacante Mauro Icardi, 26 anos, 1,81m, emprestado pela Inter de Milão. Ele participou das jogadas dos gols de Di Maria e foi muito aplaudido. O terceiro gol foi do belga Thomas Meunier, 28 anos, 1,90m, aos 46 do segundo tempo, levando ao delírio os 45 mil torcedores do campeão francês.

UMA SOMBRA – O Real Madrid teve atuação decepcionante, sem que nenhum jogador se salvasse. O maior vencedor da Liga dos Campeões, com 13 títulos, foi apenas uma sombra da equipe que encantava o mundo na época de Cristiano Ronaldo. Incrível quanto pareça, o Real Madrid não deu um chute na direção do gol, algo inédito nos últimos 15 anos.

MUITO FRACO – O Real Madrid inicia 2019-2020 com rendimento muito franco, sofrendo gol em todos os 10 jogos, e a ausência do zagueiro-capitão Sergio Ramos não é pretexto. O ataque também não funcionou e o técnico Zidane nada conseguiu acrescentar com Lucas Vazquez no lugar do belga Hazard aos 25 e Vinícius Júnior, aos 33, no lugar de Gareth Bale.

EXALTAÇÃO – O técnico alemão Tomas Tuchel exaltou o time, sem Mbappé e Cavani, em tratamento, e Neymar, suspenso. O goleiro costa-riquenho Keylor Navas, 32 anos, 1,85m, que fez 162 jogos pelo Real Madrid, de 2014 a 2019, estava superfeliz pela segunda vitória em seu segundo jogo sem sofrer gol no PSG.

29 FALTAS – PSG 3 x 0 Real Madrid foi bem pegado e o árbitro inglês Anthony Taylor marcou 29 faltas, 15 do time francês. Cinco jogadores foram advertidos com cartão amarelo: Di Maria e Bernat, e Carvajal, Varane e Vinícius Júnior, que nada produziu nos poucos minutos em que substituiu o galês Gareth Bale.

PSG SAI NA FRENTE – Com os 3 x 0 no Real Madrid, o PSG lidera o Grupo A porque no outro jogo, no norte da Bélgica, Brugge e Galatasaray ficaram no 0 x 0, diante de 25 mil torcedores no estádio Jan Breydel. Quando o Brugge pressionou, o goleiro uruguaio Fernando Muslera, 33 anos, 1,91m, salvou o time turco.

ESTREANTE no Galatasaray, o atacante colombiano Falcao Garcia, emprestado sem custo pelo Monaco, não teve boa atuação. Seu nome foi escolhido pelo pai, fã do apoiador Falcão, que brilhou na seleção brasileira na Copa do Mundo de 82.

Foto: BENOIT TESSIER / REUTERS