O PSG ESTREOU com atuação destacada de Neymar na vitória sobre a Juventus por 2 x 1 na fase de grupos da Liga dos Campeões, na noite desta 3ª (6), no Parque dos Principes, em Paris. O passe de cavadinha que ele deu, entre os zagueiros, para Mbappé abrir o placar logo aos cinco minutos, foi simplesmente primoroso.

O CAMPEÃO FRANCÊS ampliou a vantagem aos 22 minutos, com outro gol de Mbappé, que chegou ao nono nos últimos seis jogos, e poderia ter feito mais um ou dois. O técnico Massimiliano Allegri resumiu bem a Juventus do 1º tempo: “Fomos medrosos, recuamos muito e tivemos medo de atacar o adversário”.

COM CERTEZA, o técnico aproveitou o intervalo para mudar a volta do time, que logo aos 8 minutos encontrou o gol, com a cabeçada do meia norte-americano McKennie, que substituiu o meia Fabio Miretti, de 19 anos. Tido como grande revelação, ele foi mal no 1º tempo e quase expulso por um carrinho em Neymar.

O LÍDER DO GRUPO H, pela diferença de um gol é o Benfica, do técnico alemão Roger Schmidt, que venceu o Maccabi Haifa, de Israel, por 2 x 0, com atuação destacada do lateral espanhol Alejandro Grimaldo. Ele deu assistência para o gol de Rafa Silva aos 5 e marcou o 2º, aos 10 do 2º tempo, com uma bomba de fora da área.

EM ZAGREB, capital da Croácia, o Dinamo venceu o londrino Chelsea por 1 x 0, gol do ponta Mislav Orsic, logo aos 13 minutos, para delírio de 37 mil torcedores no estádio Maksimir. O jogo marcou a estreia da tecnologia semiautomática do impedimento, bem rápida e eficiente, que anulou gol de Aubameyang, do Chelsea.

NO JOGO MAIS FÁCIL da rodada de abertura da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Borussia Dortmund venceu em casa o Copenhague, da Dinamarca, por 3 x 0. A rodada será concluída nesta 4ª (7), e entre os oito jogos, os mais atraentes são Inter x Bayern, Napoli x Liverpool, Barcelona x Plzen e Atlético de Madrid x Porto.

Fotos: Reuters / AFP / FRANCK FIFE/AFP via Getty Images / Getty Images / Torcedores