A FEDERAÇÃO ITALIANA DE FUTEBOL puniu a Juventus de Turim, maior campeão italiano com 36 títulos (único nove vezes consecutivas), com a perda de 9 pontos, mas o Tribunal Federal Italiano de Apelações aumentou a pena para a perda de 15 pontos, além de punir também 52 dirigentes, entre eles o presidente, já afastado.

SÃO 22 PROCESSOS de irregularidades financeiras em transferências de jogadores, com o objetivo de aumentar as receitas do clube. Entre eles, o da troca dos meias Artur, ex-Grêmio, atualmente emprestado ao Liverpool, e Pjanic, ex-Barcelona, e a venda do volante alemão de origem turca Emre Cam ao Borussia Dortmund.

COM A PERDA DOS 15 PONTOS, a Juventus caiu do 4º lugar, com 37, para o 10º, com 22, igual ao Bologna (11º) e ao Empoli (12º), distante das posições que classificam para os dois torneios europeus: a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Entre os 52 dirigentes punidos, além do presidente Andrea Agnelli, o ex-jogador Pavel Nedved.

Pavel Nedved, ex-vice-presidente do clube e Andrea Agnelli, ex-presidente da Juventus, durante partida pelo Campeonato Italiano no Allianz Stadium

AGORA EX-PRESIDENTE, Andrea Agnelli, de 47 anos, foi punido com dois anos de suspensão pelo procurador Giuseppe Chiné. Filho do fundador Umberto Agnelli, ex-presidente, senador e dono da Fifa, o herdeiro Andrea era presidente desde maio de 2010. O novo presidente é Gianluca Ferrero, de 60 anos, especialista em finanças.

O EX-MEIA PAVEL NEDVED, tcheco de 50 anos, fez 65 gols em 326 jogos, entre 2001 e 2009, foi bicampeão italiano e da Supercopa da Itália, ganhou a Bola de Ouro, superando Zidane e Thierry Henri, e está entre os maiores ídolos do clube. Nedved era diretor executivo do futebol da Juventus desde 2012 e foi suspenso por 8 meses.

EMBORA NÃO SE USE no italiano a letra J, o clube tem o nome começando com tal letra porque ela existe no dialeto piemontês. Turim, 4ª maior cidade italiana, é a capital do Piemonte, de 25.400 km2 e 5 milhões de habitantes, uma das regiões mais importantes do país, também pela qualidade do ensino universitário.

QUATRO DIAS APÓS GANHAR pela 9ª vez a Supercopa da Itália, com 3 x 0 no Milan, 4ª feira (18), na Arábia Saudita, a Juventus joga domingo (22), em Turim, com a Atalanta, de Bergamo, pela 19ª rodada do Campeonato Italiano. A Juventus tem três brasileiros que estiveram na Copa de 2022: Danilo, Alex Sandro e Bremer.

Fotos: ESPN e Simone Arveda/Getty Images