Al-Sadd, do Catar x Hienghene, da Nova Caledônia, decidem amanhã (11), no estádio Jassim bin Hamad, de 15 mil lugares, quem vai jogar sábado (14) com o Monterrey, do México, pela vaga nas semifinais com o Liverpool, campeão da Europa. O Liverpool fará a semifinal dia 18, um dia depois de o Flamengo disputar sua semifinal com o vencedor de Al-Hilal, da Arábia Saudita, e Esperance, da Tunísia, que jogarão sábado (14).

CAMPEÃO – Al-Sadd, dirigido pelo ex-meia Xavi Hernandez, recordista de jogos (767) no Barcelona, de 1998 a 2015, e campeão do mundo em 2010 com a seleção da Espanha, é favorito amanhã (11), frente à frágil equipe do Hienghene, da Nova Caledônia, território francês na Oceania, com dez belas ilhas no Sul do Oceano Pacífico. 

ROMÁRIO –O artilheiro da seleção campeã do mundo em 1994 foi o mais importante dos jogadores brasileiros que atuaram no Al-Sadd, clube 14 vezes campeão nacional e 15 vezes campeão da Copa do Catar. Depois dele, os que mais se destacaram no Al-Sadd foram Emerson Sheik, campeão do mundo em 2012 no Corinthians, e Muriqui, ex-Vasco.

FAVORITO – O volante colombiano Gustavo Cuellar, ex-Flamengo, é um dos principais do Al-Sadd, do Qatar, campeão da Ásia, favorito no jogo do próximo sábado (14) com o Esperance, da Tunísia, campeão da África. Daí sairá o adversário do Flamengo na semifinal da próxima terça (17), a ser disputada às 15h30m, horário do Rio.

LÍDER x LANTERNA – Líder e único invicto – 15 vitórias, 1 empate, 40 gols pró e 14 contra -, o Liverpool fará sábado (14) o último jogo da Premier League, antes de viajar para o Catar. A bem dizer, um jogo-treino porque o adversário é o Watford, lanterna com 1 vitória, 6 empates, 9 derrotas, 9 gols marcados, 30 sofridos. E o jogo será no Anfield Road, estádio do Liverpool, com os 55 mil lugares ocupados.