Escolha uma Página

Foto: mykhel.com

 

Uma semana de perder (3 x 0) como visitante para o Eibar, que jamais o havia vencido, o Real Madrid voltou a vencer neste primeiro sábado (1) de dezembro, no estádio Santiago Bernabeu: 2 x 0 no Valencia. Pela primeira vez, o técnico argentino Santiago Solari não escalou brasileiro. O lateral Marcelo e o apoiador Casemiro se recuperam de contusões e Vinícius Júnior não saiu do banco de reservas. Com a sétima vitória em catorze rodadas, o Real Madrid é quinto com 23 pontos.

 

GOL CONTRA – O Real Madrid deu a saída e iniciou a pressão forte, com marcação adiantada no campo do Valencia, que sentiu o golpe do gol contra, logo aos oito minutos, quando o meia dinamarquês Daniel Wass, ao tentar desviar de cabeça o cruzamento do lateral-direito Carvajal, tirou a chance de defesa do goleiro brasileiro Neto, que estava no lance. Benzema perdeu duas chances claras para ampliar e o Valencia pouco atacou até a saída para o intervalo.

 

QUASE NO FIM – O Real Madrid voltou ainda com mais ímpeto no segundo tempo, a fim de evitar surpresa, mas o domínio do jogo não saiu do campo para o placar, devido a novas chances de gol não aproveitadas. Só quase no final foi que Lucas Vazquez, mantido até o fim, marcou o segundo gol, aos 38, completando bela jogada do francês Karim Benzema. Com a terceira derrota, o Valencia está em décimo terceiro com 17 pontos, deixando o técnico Marcelino Toral em situação desconfortável.  É o time que mais empatou (8) no campeonato.

 

OS VENCEDORES – Courtois, Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Sergio Reguilón; Llorente, Ceballos (Isco. 34 do segundo tempo) e Modric (Valverde, 26 do segundo tempo); Lucas Vazquez, Benzema e Bale (Asensio, 18 do segundo tempo). No Valencia, além do goleiro Neto, o zagueiro Gabriel Paulista não foi bem e logo aos cinco minutos recebeu amarelo do árbitro Gonzalez y Gonzalez, por falta muito dura em Benzema. O atacante carioca Rodrigo sequer ficou na reserva.

 

LIDERANÇA – Só um ponto à frente do vice-lider Barcelona, com 25, que jogará no Camp Nou com o Villarreal, décimo sexto com 14, o lider Sevilha, com 26 pontos, vai ao estádio Mendizorroza para um jogo difícil com o Alavés, quarto com 23 pontos. O Sevilha tem oito vitórias e o Alavés, sete. O Atlético de Madrid, terceiro com 24 pontos, também será visitante no jogo com o Girona, sétimo com 20.