Com o gol do atacante Roberto Firmino, alagoano de 28 anos, o Liverpool venceu (1 x 0) o Tottenham, diante de 63 mil torcedores, no maior estádio particular de Londres, e manteve a liderança absoluta da Premier League, com 16 pontos de vantagem sobre o vice-lider Leicester, que perdeu (2 x 1), em casa, para o Southampton.

RECORDE – Com 61 pontos – 20 vitórias, 1 empate -, o Liverpool, campeão europeu e mundial, chegou aos 38 jogos sem perder no Campeonato Inglês, com 33 vitórias e 5 empates. A última derrota foi em 3 de janeiro de 2019, fora de casa, para o Manchester City (2 x 1), no Etihad Stadium. É o recorde nos cinco maiores campeonatos europeus (Inglaterra, Alemanha, Espanha, Itália e França), em 21 rodadas, com 61 dos 63 pontos

TODOS FORA – Primeiro brasileiro a fazer 50 gols no Campeonato Inglês, Firmino está com sete gols na atual temporada – todos marcados fora de casa – e chegou aos 75 gols em 223 jogos, desde que o Liverpool o comprou, em 2015, do alemão Hoffenheim por 41 milhões de euros – R$145 milhões -, segunda transação mais cara da história do clube.

OLHO TAPADO – O gol do jogo foi aos 38 do primeiro tempo, com assistência, de costas, do egípcio Salah. Na comemoração, após o drible de corpo no marcador, Firmino bateu de canhota e tapou o olho, em alusão à dedada que levou do zagueiro belga Jan Vertonghen, em outubro de 2019, no jogo do turno, ganho (2 x 1, de virada) pelo Liverpool.

REVELAÇÃO – Roberto Firmino, 28 anos, 1,81m, destro, alagoano de 2/10/1991, revelado no CRB, de Maceió. Foi o destaque do catarinense Figueirense, de Florianópolis, na Copa São Paulo de 2009. Pai de Bella e Valentina, do casamento com Larissa, em junho de 2017, gosta muito da vida em Liverpool, “cidade de gente alegre e bem divertida.

OS LÍDERES – Alisson, Alexander-Arnold, Joe Gomez, Virgil van Dijk e Robertson; Wijnaldum, Henderson e Oxalade-Chamberlain (Lallana, 16 do segundo tempo); Salah (Shaqiri, 46 do segundo tempo), Firmino e Mané (Origi, 36 do segundo tempo). O Liverpool completou seis jogos sem sofrer gol, desde que venceu o Flamengo na final do Mundial de clubes, em 21 de dezembro.

CINCO BILHÕES – O meia paulistano Lucas Moura, único brasileiro no time do Tottenham, teve boa atuação e aplaudido em vários lances pelos 63 mil torcedores, que lotaram o segundo maior estádio particular de Londres. O Tottenham Hotspur Stadium custou 1 bilhão de libras – moeda mais forte do mundo -, o equivalente a 5 bilhões de reais.676 a 289 PASSES – Com muita precisão, o líder Liverpool trocou mais 387 passes que o Tottenham (676 a 289), seguindo à risca um dos fundamentos que mais treina, assim como finalizações. Na próxima rodada, dia 19, o Liverpool jogará em casa com o Manchester United, único a quem não venceu (1 x 1), em 20 de outubro de 2019, em Old Trafford.

OITAVA DERROTA – Tottenham 0 x 1 Liverpool registrou 12 faltas – 8 do Liverpool -, que também os únicos advertidos com cartão amarelo pelo árbitro Martin Atkinson, de 48 anos: o zagueiro Joe Gomez e o meia Oxalade-Chamberlain. Foi a oitava derrota do Tottenham, do técnico português José Mourinho, em 22 rodadas, oitavo com 30 pontos.

TRINTA ANOS – A campanha irretocável faz crer que o Liverpool FC, aos 127 anos de fundação (3/6/1892), voltará a ser campeão inglês depois de 30 anos. O último dos 18 títulos de campeão inglês foi na temporada 1989-1990. O técnico alemão Jurgen Klopp, de 52 anos, está nos braços dos torcedores, que voltaram a exibir orgulhosos a faixa You’ll Never Walk Alone, que significa Você Nunca Caminhará Sozinho. É marca do clube.

Foto: GLYN KIRK/Getty Images