Cada vez mais perto de ampliar o recorde com oito títulos consecutivos, a Juventus voltou a dar um show completo na abertura da vigésima oitava rodada do Campeonato Italiano, ao golear (4 x 0) a Lecce, antepenúltima colocada, nesta sexta (26), na Arena Allianz, em Turim. O time liderado por Cristiano Ronaldo e dirigido por Maurizio Sarri, napolitano de 61 anos, abriu sete pontos (69 a 62) da vice-líder Lazio, que joga neste sábado (27) com a Fiorentina, no Estádio Olímpico de Roma.

1 – Com assistência de Cristiano Ronaldo, o meia canhoto Paulo Dybala marcou o mais bonito da goleada, aos 6 do segundo tempo, encobrindo com um toque de categoria o goleiro brasileiro Gabriel, no ângulo esquerdo. Foi o gol 82 de Dybala, superando o compatriota Diego Maradona, que havia feito 81 pelo Napoli, nos anos 80-90. 

2 – Com o segundo gol dos 4 x 0, convertendo pênalti que sofreu do zagueiro Rossetíni, Cristiano Ronaldo aproveitou a nona das dez cobranças no atual campeonato. Há duas rodadas, no 0 x 0 com o Milan, ele havia acertado a trave. O atacante Ciro Immobile, da Lazio, é o único que converteu os dez pênaltis. Ele disse que bate pelo menos quinze pênaltis a cada treino.

3 – Com outra assistência de Cristiano Ronaldo, desta vez de calcanhar, o argentino Gonzalo Higuain fez o terceiro gol, enquanto o atacante gaúcho Douglas Costa, com um cruzamento sob medida, deu ao zagueiro holandês Mathijs De Ligt, de 20 anos, 1,89m, a chance de marcar de cabeça o último dos 4 x 0 da Juventus, aos 40 minutos. 

RECORDISTAS – O primeiro recordista argentino de gols do Italiano foi Angelillo, que na temporada 58-59, comprado do Boca, marcou 33 gols em 33 jogos pela Inter de Milão, na época em que 18 times disputavam o campeonato. Depois dele, Hernan Crespo, da Lazio, figura entre os 25 maiores do Italiano, com 153 gols. Ele é o atual técnico da base do Parma. De todos, o maior artilheiro argentino no Italiano é Gabriel Batistuta, com 207 gols, pela Fiorentina e pela Roma, de 1991 a 2002.

O 115 E O ÚNICO – Lecce, que ocupa a antepenúltima colocação e dificilmente escapará do rebaixamento, é o clube de número 115 em que Cristiano Ronaldo fez gol. A única equipe do Italiano que ainda não sofreu gol do artilheiro da Juventus é a do ChievoVerona, nona colocada, que joga domingo (28), fora de casa, com o Sassuolo, décimo segundo colocado. O próximo jogo da Juventus será com o Genoa, terça (30), no estádio Luigi Ferraris, na cidade portuária de Gênova, a 127 km de Turim.

QUER SAIR – O volante carioca Allan, de 29 anos, revelado em 2008-09 no Vasco, e na Itália desde 2012, está nos planos da Juventus, PSG e Atlético de Madrid para a temporada 2020-21, a ser iniciada em agosto. Ele já antecipou que pretende sair, de preferência para a Espanha, mas o Napoli não se sensibilizou com os 25 milhões de euros (R$150 milhões) oferecidos pelo Atlético. Allan estreou na Itália pela Udinese, que pagou R$3 milhões ao Vasco, em 2012, e o vendeu por R$12 milhões ao Napoli, em 2015.

ARTHUR – O técnico da Juventus se recusou a falar sobre Arthur, meia do Barcelona, que poderia disputar a próxima temporada pela campeã italiana. Maurizio Sarri reafirmou que só se refere a jogador que faz parte do seu elenco. Até agora, nenhum avanço sobre a compra, o que vem ao encontro do jogador, que já manifestou interesse em continuar na Espanha. O Goiás está na expectativa, de vez que receberá, como clube formador, em torno de R$4 milhões, se ele deixar o Barcelona.

Fotos: Juventus F C