Mesmo com menos um, desde os oito minutos do segundo tempo, o Grêmio – recordista de expulsões (6 em 15 jogos) do Campeonato Brasileiro de 2020 – venceu (3 x 1) o Botafogo, na noite de ontem (14), na Arena Grêmio, e ao subir quatro posições, com 20 pontos, tirou o Vasco (18) do décimo lugar. O Botafogo tentava a terceira vitória consecutiva, mas acabou sofrendo a quarta derrota, que poderá recolocá-lo de novo próximo do rebaixamento, após outros resultados da rodada 16.

A EXPULSÃO – O Grêmio ficou sem o meia carioca Diego Souza, de 35 anos, aos oito do segundo tempo, expulso com o cartão vermelho direto, pelo árbitro Luiz Flavio Oliveira, da Federação Paulista, por agredir o meia Guilherme Santos com um chute nas costas. Diego Souza é o sexto do Grêmio expulso no Brasileiro 2020, com duas a mais que Santos, Vasco e Bragantino. Os expulsos do Grêmio: Geromel, Mateus Henrique, Luiz Fernando, Bruno Cortez, David Braz e Diego Souza.

O DESTAQUE – Foi o jogo mais convincente na Arena Grêmio, onde o time conseguiu a terceira vitória – 1 x 0 no Fluminense e 2 x 1 no Coritiba -, e só havia perdido (2 x 1) para o Sport, mas acumulava a metade de seus oito empates. O Grêmio fez 1 x 0 aos 34, com o gol de Diego Souza, em assistência de cabeça de Alisson, e o Botafogo empatou aos 41 com Mateus Babi, após a defesa rebater a falta cobrada por Victor Luis. O destaque do jogo foi Pepê, que marcou os dois gols do segundo tempo.

17 MINUTOS – O Grêmio iniciou o segundo tempo outra vez em vantagem, com o gol de Pepê logo aos 3 minutos e fez o terceiro aos 20, aumentando também a tranquilidade do time, que já estava com menos um. Mesmo recorrendo a quatro substituições, o Botafogo não teve força para alterar o resultado, sofrendo a terceira derrota como visitante, após 1 x 2 com o Corinthians e o Bragantino. Com tempo para ganhar fôlego, o time só volta a jogar segunda (19), com o Goiás, no estádio Nilton Santos.

GRÊMIO – Vanderlei, Victor Ferraz, Geromel, Rodrigues e Diogo Barbosa; Maicon, Mateus Henrique, Robinho (Isaque) e Alisson; Pepê (Bruno Cortez) e Diego Souza. Técnico – Renato Portaluppi. No meio da tabela, o Grêmio é décimo com 20 pontos em 15 jogos – 4 vitórias, 8 empates, 3 derrotas, saldo de dois gols (17 a 15) – e será visitante no jogo de sábado (17) com o São Paulo, no Morumbi.

BOTAFOGO – Diego Cavalieri, Kevin, Kanu, David Souza (Kelvin) e Victor Luis; Renteria (Honda), Caio Alexandre (Kalou), Guilherme Santos (Cicero) e Rhuan (Lecaros); Pedro Raul e Mateus Babi. Primeira derrota do técnico Bruno Lazaroni, após 1 x 1 com Fluminense, e 2 x 1 no Palmeiras, em casa, e no Sport, no Recife.

Foto: Lance!