GANHAR DO RECORDISTA CORINTHIANS, com 10 títulos, seria o grande desafio do Botafogo, que nunca foi campeão,  mas o Corinthians foi eliminado de virada (2 x 1) pelo Resende, na noite de ontem (14), no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. À tarde, o Botafogo eliminou o Taubaté por 4 x 3, nos pênaltis, com duas defesas do goleiro Lucas Barreto, após 1 x 1 nos 90 minutos, e jogará nas oitavas de final com o time do Sul do estado do Rio de Janeiro.

 O RESENDE SAIU EM DESVANTAGEM para o intervalo, mas voltou melhor no 2º tempo e empatou aos 15 minutos, com o meia Brendon convertendo o pênalti do lateral Leo Maná no atacante Kaio, que substituiu Bismarck no intervalo. O gol da virada do Resende, pela primeira vez nas oitavas de final, foi do zagueiro Halls, de cabeça, aos 48 minutos, completando com grande impulsão o escanteio do meia Brendon. Halls, capitão da equipe, tem 19 anos e foi revelado no sub-17 do Nova Iguaçu em 2019.

RESENDE FC – Salles, Zé Carlos (Samuel), Peixoto, Halls e Douglas; Índio (Gabriel Feth), Medina (Marksander), João Felipe e Brendon; Leo Pedro e Bismarck (Kaio). Técnico – Jefter Percy.  Poucos sabem, mas a ascensão do futebol de base do Resende começou em outubro de 2019, quando iniciou parceria com o Olympique Lyonnais, da França, e passou a aplicar seus métodos de treinamento. O estatuto do Resende foi alterado para poder incluir no seu escudo o escudo da equipe francesa.

CAMPEÃO DAS DUAS PRIMEIRAS COPINHAS, em 69 e 70, e outra vez bi em 2004 e 2005, o Corinthians havia sido campeão pela última vez em 2017. O time atual é dirigido por Diogo Siston, carioca de 40 anos, ex-meia de muita técnica, campeão de todos os títulos das divisões de base do Vasco, entre 1992 e 2000, mas sem o mesmo sucesso na equipe principal de 2000 a 2003.

O BOTAFOGO PRESSIONOU O TAUBATÉ na saída de bola e fez 1 x 0 logo aos dois minutos, em cobrança de falta do lateral Wendell. O domínio foi quase total, mas o goleiro João Pedro evitou que o Taubaté sofresse mais gols, principalmente em duas finalizações do meia Raí. O Taubaté empatou aos 34 do 2º tempo, em cobrança de falta de Romero, e aos 44, em chute cruzado de Raí, o goleiro do Taubaté fez mais uma grande defesa e o jogo teve que ser decidido nos pênaltis.

FOI ENTÃO QUE LUCAS BARRETO se sobressaiu, garantindo a classificação do Botafogo para as oitavas de final, ao defender as duas últimas cobranças do Taubaté. Revelado no sub-17 do Flamengo, ele é do sub-20 do Botafogo desde abril de 2021, suplente de Diego Loureiro, campeão da Série B, com mais jogos (16) sem sofrer gol. Raí, Wendel, Reydson e Jefinho converteram os quatro pênaltis do Botafogo. O único que não aproveitou foi o lateral Jefinho.

LUCAS BARRETO, Wendel, Ewerton, Reydson e Jefinho; Kawan (Carlos Henrique), Liberato (Paulo) e Raí; Kauê (Felipe Vieira), Gabriel Tigrão e Maranhão (Fagundes) – o Botafogo, do técnico Ricardo Resende, que eliminou a Ponte Preta. Na fase de grupos, o Botafogo venceu o Aparecidense (3 x 0), perdeu para o Petrolina (0 x 1) e ganhou do Taubaté (2 x 0). No mata-mata, 0 x 0 com o São José e 9 x 8 nos pênaltis, 1 x 1 com o Taubaté e 4 x 3 nos pênaltis.

Foto: Jovem Pan