OS RESERVAS DO ATHLETICO PARANAENSE venceram o Fluminense por 1 x 0, gol do atacante Pablo, de cabeça, aos 25 minutos do 1º tempo, antecipando-se ao zagueiro David Braz, que reapareceu mal, após cruzamento do meia argentino Tomás Cuello. O jogo da noite deste sábado (3), na Arena da Baixada, em Curitiba, foi bem fraco.

O FLUMINENSE NÃO SOFRIA GOL em seis jogos consecutivos, e com a sétima derrota, poderá sair do G4, se houver vencedor em Corinthians x Internacional,  neste domingo (4), em São Paulo. Fluminense, Corinthians e Internacional têm 42 pontos e 12 vitórias, e o pior saldo de gols é do Fluminense.

FOI A 5ª DERROTA DO FLUMINENSE com o técnico Fernando Diniz, e o gol que sofreu foi o 9º do atacante Pablo, que não marcava há 12 jogos. O saldo de gols do Athletico Paranaense é o pior dos seis primeiros colocados, com apenas 2 (30 a 28). O Fluminense teve mais posse de bola, mas não teve competência nas finalizações.

COM AS CHANCES DIMINUINDO no Campeonato Brasileiro, o Fluminense terá que encontrar forças para conseguir a vaga na decisão da Copa do Brasil no jogo de volta como visitante com o Corinthians, depois de ceder o empate (2 x 2) nos minutos finais no Maracanã. 

O TIME QUE PERDEU para o Athletico Paranaense: Fabio, Samuel Xavier, David Braz (Martinelli), Manoel (Felipe Melo) e Caio; André, Natan (Yago) e Ganso; Mateus Martins (Marrony), Cano (Willian) e Jhon Arias. O time volta ao Maracanã, sábado (10), para o jogo da 26ª rodada com o Fortaleza.

O TIME QUE GANHOU do Fluminense: Anderson, Orejuela, Mateus Felipe, Pedro Henrique e Pedrinho; Hugo Moura, Leo Cittadini (Mateus Fernandes) e Vitor Bueno (Terans); Tomás Cuello, Rômulo (Brayan Garcia) e Pablo. Na Arena da Baixada, R$492.220,00. 14.037 pagantes. Boa arbitragem do paulista Flavio de Souza.

O INVICTO AMÉRICA MINEIRO

NO ÚLTIMO JOGO da noite deste sábado (3) o América Mineiro se manteve invicto no returno e subiu ao 8º lugar com 35 pontos, ao vencer o Coritiba por 2 x 0 na Arena Independência, em Belo Horizonte. Os gols da 10ª vitória do time do técnico Vagner Mancini foram de Pedrinho, no 1º tempo, e de Mateuzinho, de cabeça.

NO PRIMEIRO JOGO deste sábado (3), Juventude e Avaí empataram (1 x 1), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, e se mantiveram entre os últimos. Bissoli, vice-artilheiro do campeonato, com 12, fez o gol do Avaí, e Chico, de pênalti, marcou o do Juventude, 20º com 18 pontos. O Avaí é 18º com 24.

Fotos: Geraldo Bubniak/AGB/Lancepress! / Robson Mafra/AGIF / Marcelo Gonçalves/Fluminense