O FLUMINENSE ENTRARÁ ANIMADO nos jogos do mata-mata da pré-Libertadores com o Millonarios, baseando-se nas vitórias nos dois jogos que disputou com o segundo maior campeão colombiano: 1 x 0 no amistoso de 14 de fevereiro de 1960, e 3 x 1 no torneio Cidade de Bogotá, em 16 de fevereiro de 1964, ambos na altitude de 2.600 metros do estádio El Campin, onde estreará dia 22 de fevereiro de 2022. Será o primeiro jogo oficial, valendo pontos, entre os times.

OUTRO RETROSPECTO QUE AUMENTA a motivação do Fluminense, em sua oitava participação na Libertadores, primeira na pré, é de ampla vantagem nos confrontos com os times colombianos, em jogos amistosos e oficiais. Millonarios x Fluminense, dia 22 de fevereiro em Bogotá, será o 23º, com 13 vitórias, 5 empates, 4 derrotas, 40 gols marcados, 21 gols sofridos. O Fluminense disputou a Libertadores pela primeira vez em 1971, após ganhar a Taça de Prata de 1970.

O FLUMINENSE INICIA A ATIVIDADE de 2022, dia 10 de janeiro, no Centro de Treinamento Carlos Castilho. A estreia no Carioca está prevista para o dia 26 com o Bangu, e a ideia da comissão técnica é a de ajustar a equipe, nos seis jogos seguintes, com Madureira, Audax, Flamengo, Botafogo, Portuguesa e Nova Iguaçu, para a estreia na pré-Libertadores. A tendência é que o time chegue à altitude de 2600 metros de Bogotá na véspera do jogo com o Millonarios.

COPA SÃO PAULO – Segundo maior vencedor da Copa São Paulo, que voltará a ser disputada em 2022, o Fluminense utilizará o meia Walace, da seleção medalha de ouro em Tóquio 2020, e os atacantes Mateus Martins e John Kennedy no maior torneio brasileiro sub-23, em janeiro. O Fluminense, cinco vezes campeão da Copinha, está no Grupo 6, em Matão, a 250 km da capital paulista, com o anfitrião Matonense; o Jacuipense, da Bahia, e o Fast, de Manaus.

Foto: Saudações Tricolores