O FLUMINENSE CAIU PARA 3º do Grupo H da Copa Sul-Americana, com a vitória do Santa Fé, que assumiu a liderança com 8 pontos, ao vencer o eliminado Oriente Petrolero, da Bolívia, por 2 x 0, gols de Diale e Roldan, na noite de ontem (5), no estádio 15 de abril, em Santa Fé, na Argentina. Fluminense e Junior Barranquilla têm 7 pontos, mas o time colombiano é vice-líder pelo saldo de gols (3 a 1).

BOM LEMBRAR QUE SÓ O 1º de cada grupo se classifica para o mata-mata das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na penúltima rodada, o Fluminense já jogará com o Santa Fé, no próximo dia 19, na Argentina, sabendo do resultado de Junior Barranquilla x Oriente Petrolero, dia 17, na Colômbia. Na última rodada, dia 25, o Fluminense jogará na Bolívia com o Oriente Petrolero, e Junior x Santa Fé será em Barranquilla.

O FLUMINENSE volta as atenções ao Campeonato Brasileiro, sob ameaça de entrar no rebaixamento, se perder para o Palmeiras, domingo (8), em São Paulo. Em 14º, com 4 pontos e saldo negativo de 1 gol (3 a 4), o Fluminense pode ser ultrapassado, se houver vencedor em Athletico Paranaense, 16º x Ceará, 15º, ambos com 3 pontos. O primeiro do rebaixamento é o Atlético Goianiense, 17º com 3 pontos, que joga com o Goiás.

SANTOS VENCE NOS ACRÉSCIMOS

SEM NENHUM TITULAR, O SANTOS, do técnico argentino Fabian Bustos, conseguiu a primeira vitória como visitante e subiu para o 2º lugar do Grupo C, ao derrotar a Universidad Católica, do Equador, por 1 x 0, na noite de ontem (5), na altitude de 2.850 metros do estádio Atahualpa, da capital Quito. O gol foi do meia pernambucano Rwan Seco, de 20 anos, aos 47 minutos do 2º tempo.

O SANTOS TEM 7 PONTOS e terá que vencer os dois últimos jogos da fase de grupos, com o Banfield, da Argentina, último com 4 pontos, após a derrota da noite de ontem (5), em casa, para o Union La Calera, do Chile, por 1 x 0, que assumiu a liderança com 8 pontos. Tanto quanto o Banfield, o Union La Calera será adversário do Santos na Vila Belmiro.

LÍDER SÃO PAULO NÃO É MAIS 100%

DEPOIS DE TRÊS VITÓRIAS, o São Paulo perdeu os 100% de aproveitamento, no 0 x 0 da noite de ontem (5) com o Everton, de Viña del Mar, no estádio Sausalito, mas está com a vaga praticamente certa nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Com 10 pontos, o dobro do vice-líder Everton, o São Paulo fará os últimos jogos do Grupo D, no Morumbi, com o Ayacucho e o Jorge Wilstermann, da Bolívia, que também ficaram no 0 x 0, no estádio Ciudad de Cumaná, no Peru.

O TÉCNICO ROGERIO CENI utilizou a maioria dos reservas e lamentou o gol do atacante Luciano, anulado pelo árbitro argentino Fernando Rapallini, por impedimento. O VAR só funcionará na Copa Sul-Americana e na Copa Libertadores nas oitavas de final. Ceni mostrou-se feliz porque todos os jogadores que ficaram na reserva foram formados na base do São Paulo no Centro de Treinamento de Cotia.

 Foto: Divulgação / Unión Santa Fe