O Santos é o primeiro brasileiro a estrear no mata-mata das oitavas de final da Libertadores 2020 – o jogo de hoje (24) com a LDU (Liga Deportiva Universitária), será às 19h15min, no Estádio Olímpico Atahualpa, de Quito, na altitude de 2.850 metros da capital do Equador, fronteira com Peru e Colômbia, na costa Oeste da América do Sul. O time continuará sendo dirigido pelo assistente Marcelo Fernandes porque o técnico Cuca ainda se recupera da infecção da Covid-19.

PREOCUPAÇÃO – A comissão técnica e os médicos do Santos não escondem a preocupação pelos efeitos que a altitude de Quito podem provocar na maioria dos jogadores, principalmente nos que foram liberados, depois de testarem positivo: Lucas Veríssimo, Jean Mota, Alison e Diego Pituca. Outra grande preocupação é com o goleiro John Victor, de 24 anos, que pela primeira vez jogará na altitude, onde a bola se torna mais leve e ganha mais velocidade.

BOA CAMPANHA – Líder do Grupo G com 16 pontos, e com a segunda melhor campanha no geral da fase de grupos, o Santos entra credenciado e com o objetivo de recuperar o título, ganho pela última vez em 2011, quando se tornou recordista, três vezes campeão, igual ao São Paulo e ao Grêmio. Bom lembrar: o Santos foi o primeiro brasileiro a ganhar duas vezes consecutivas a Libertadores e o Mundial de clubes, em 62-63, com vitórias históricas sobre Benfica e Milan.

EQUIPE FORTE – O assistente técnico Marcelo Fernandes confirmou a escalação e disse que o Santos terá equipe forte no jogo com a LDU, que ganhou o único título da Libertadores para o Equador em 2008, ao vencer o Fluminense, nos pênaltis, no Maracanã. A equipe inicia com John Victor, Pará, Lucas Veríssimo, Luis Felipe e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Jean Mota; Marinho, Soteldo e Kaio Jorge. O argentino Fernando Rapallíni será o árbitro.

PÊSAMES – O técnico Cuca recebeu os pêsames pela morte de seu sogro, vítima da Covid-19, cujo corpo foi enterrado ontem (23), em Curitiba. O treinador do Santos é natural da capital paranaense, onde continua em repouso para concluir a recuperação depois de ser infectado. O irmão dele, tratado pelo apelido de Cuquinha, também foi infectado e está melhor, com quadro estável.

ATHLETICO x RIVER – Único brasileiro que jogará em casa na rodada de abertura de hoje (24) com o River Plate, o Athletico Paranaense está com oito que testaram positivo: o goleiro Santos e o goleiro suplente Jandrei, emprestado pelo Genoa;  zagueiro Zé Ivaldo; o lateral Abner; o meia colombiano Jaime Alvarado; o meia Fernando Canesin, e os atacantes Nikão e Geuvânio. Contundidos, os laterais Jonathan e Marcio Azevedo; o meia argentino Lucho Gonzalez, e os atacantes Vitinho e Carlos Eduardo, emprestado pelo Palmeiras, também estão fora do jogo com o River Plate. O técnico Paulo Autuori não confirmou a escalação. Andrés Rojas, da Colômbia, será o árbitro na Arena da Baixada, em Curitiba.

Foto: Acervo Santos