Escolha uma Página

Oito anos mais velho que Jorge Jesus, de 65, Josualdo Ferreira, que há dois meses havia pensado em se aposentar aos 73 anos, será apresentado após as férias dos jogadores, em janeiro, como novo técnico do Santos. Os dirigentes anunciaram a contratação até dezembro de 2020, quando termina o mandato do presidente José Carlos Peres.

SEGUNDO EUROPEU – Josualdo Ferreira será o segundo técnico europeu do Santos, desde Caetano Domênico – 31/10/1895 – 15/11/1995 -, italiano de Messina, que dirigiu o time em 34-35 e em 50, após ter sido campeão paulista em 1940 com o Palmeiras. Desde então, o time só teve dois treinadores argentinos, Ramos Delgado, em 77-78, e Jorge Sampaoli, em 2019.

TRI NO PORTO – O novo técnico do Santos é de Mirandela, distrito de Bragança, região norte de Portugal, mas em criança e adolescente viveu em Angola, só regressando, com os tios, para os estudos em Chaves e Aveiro. Sem nunca ter sido jogador, fez o curso de técnico e assumiu o Sporting de Braga e o Boavista.

O TRICAMPEONATO no Porto registrou em 2006-07, 69 pontos – 22 vitórias, 3 empates, 5 derrotas, 65 gols pró e 20 contra – e o bicampeonato, em 2007-08, 75 pontos – 24 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 60 gols a favor e 13 contra. No tri, em 2008-09, 70 pontos – 21 vitórias, 7 empates, 2 derrotas, 61 gols marcados, 18 gols sofridos. Bicampeão da Taça de Portugal, 2008-09, 2009-10 (invicto).

JOSUALDO FERREIRA, o português de 73 anos, que vai comandar o time do Santos em 2020, foi o primeiro a conquistar três títulos consecutivos. Seus trabalhos mais recentes foram no Sporting de Lisboa (2012), no Sporting de Braga (2013-14) e no Zamalek, campeão do Egito em 2015. Na carreira, 192 jogos: 82 vitórias, 47 empates, 63 derrotas.

BOM DIZER – Luis Alonso Perez, que nasceu e morreu em Santos – 1/3/1922 – 15/6/1972 -, foi o técnico mais vitorioso da história do Santos FC. Lula ganhou 8 Campeonatos Paulistas; 4 Rio-São Paulo; 5 Campeonatos Brasileiros, e foi o primeiro a ganhar duas Libertadores e dois Mundiais de clubes, em 62-63.

943 JOGOS, 619 VITÓRIAS – Luis Alonso Perez teve como treinador do Santos 70,76% de aproveitamento. Era admirado e desfrutava da amizade de um dos gênios do século 20, o espanhol Pablo Picasso – 25/10/1881 – 8/4/1973 -, pintor, escultor, poeta e dramaturgo, que o presenteou com algumas de suas obras de arte. 

PABLO PICASSO era de Malaga, costa sul da Espanha, uma das cidades mais belas do mundo, mas passou a maior parte da vida em Paris, onde fez fortuna com suas notáveis obras de arte. A convite do técnico Lula, assistiu a alguns dos últimos jogos do Santos na Europa. Encantava-se com o talento e a arte de outro gênio, o Rei Pelé.

Foto: Notícias ao Minuto