O Santos está praticamente classificado para a fase de grupos da Libertadores 2021, com a vitória (3 x 1) da noite de ontem (6) sobre o San Lorenzo, no estádio Nuevo Gasometro, em Buenos Aires, onde o atacante Angelo, aos 16 anos, 3 meses e 16 dias, tornou-se o mais jovem a fazer gol em jogo da Copa Libertadores disputada desde 1960. Ele já havia sido o mais jovem do clube a estrear na Libertadores, aos 16 anos, 2 meses e 16 dias, em 9 de março, na vitória (2 x 1) sobre o Deportivo Lara da Venezuela.

BOA VANTAGEM – Na próxima terça (13), o Santos só precisará do empate, mas poderá perder até por dois gols, para se entrar na fase de grupos da Libertadores. Em virtude da proibição de jogos em todo o estado de São Paulo, o jogo de volta será no estádio Mané Garrincha, em Brasília, onde nasceu Angelo, em 21 de dezembro de 2004. O novo recordista superou o zagueiro Kayky, que fez gol aos 17 anos, 1 mês e 25 dias, na vitória (2 x 1) sobre o Deportivo Lara, em seu jogo de estreia.

HAJA RENOVAÇÃO – Os Meninos da Vila, como são tratados os jogadores revelados no Santos, promovem grande renovação no futebol brasileiro. Antes de Kayky ter feito gol aos 17 anos, 1 mês e 25 dias, e de Angelo o superar na noite de ontem (6), com o gol aos 16 anos, 3 meses e 16 dias, o mais jovem recordista era Rodrygo, então aos 17 anos, 2 meses e 6 dias. Logo depois, Rodrygo foi vendido para o Real Madrid, em 15 de junho de 2018, por 45 milhões de euros, na época, R$193 milhões.

MARINHO VOLTOU – O Santos fez 1 x 0 no San Lorenzo, na noite de ontem (6), em Buenos Aires, logo aos 7 minutos, com o gol do ponta Lucas Braga. O ponta-direita Marinho, em seu primeiro jogo em 2021, após recuperado de lesão muscular e da Covid, fez 2 x 0 aos 46 minutos, depois de pedir a bola para cobrar o pênalti do goleiro José Devecchi em Marcos Leonardo. Marinho chutou forte, no ângulo direito, com mais uma cobrança precisa.

SEGUROU BEM – O San Lorenzo voltou para o segundo tempo com muita disposição, mas o Santos segurou bem a pressão, até mesmo depois que o atacante paraguaio Angel Romero, de 28 anos, fez o gol aos 27 minutos, aproveitando falha de marcação da defesa. Bom lembrar: Romero foi do Corinthians, entre 2014 e 2019, tornando-se o estrangeiro com mais jogos (222) e o maior artilheiro da Arena Corinthians com 27 gols, mas um grande freguês do Santos, com 6 derrotas em 11 jogos.

ONZE MINUTOS – Foi o tempo em que o novo recordista Angelo esteve em campo na noite de ontem (6) na Argentina. Ele substituiu Marinho aos 38 do segundo tempo, e onze minutos depois, marcou o terceiro gol aos 49, aproveitando o rebote do goleiro José Devecchi, após chute forte do lateral Madson, que também havia entrado pouco antes no lugar de Lucas Braga. O técnico Ariel Holan, argentino de 60 anos, disse que “o Santos tem uma equipe com potencial para evoluir muito”.

SANTOS FC – João Paulo, Pará, Kayky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Balieiro e Pirani (Soteldo); Marinho (Angelo), Marcos Leonardo (Bruno Marques) e Lucas Braga (Madson). O técnico Ariel Holan; o assistente Juan Esparís; o preparador físico Facundo Peralta, e o treinador de goleiros Juan Fariello, custam R$470 mil por mês, menos R$100 mil do que era pago a Cuca e demais integrantes da sua comissão técnica. O contrato é até dezembro de 2021, sem multa rescisória das partes.

Foto: Jornal Midiamax