O São Paulo completou 14 jogos sem vencer o Corinthians, desde que a Arena Corinthians foi inaugurada em 2014. Depois de 10 derrotas, a mais contundente por 6 x 1 em 2015, o São Paulo conseguiu se livrar de mais uma, com o quarto empate, primeiro em 2 x 2, após três em 1 x 1, na noite de ontem (2), na penúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. O Corinthians lidera o Grupo A com 22 pontos e o São Paulo, invicto há nove jogos, é o líder do Grupo B com 26 pontos.

PRIMEIRO GOL – Depois de dez anos, ao sair em 2011 para o Atlético de Madrid, o zagueiro paranaense Miranda, de 36 anos, fez seu primeiro gol pelo São Paulo, completando de cabeça o escanteio de Igor Gomes aos 15 minutos. O Corinthians empatou aos 41, com o primeiro gol do meia Luan na temporada, finalizando da entrada da área, no ângulo. Na volta do intervalo, Gustavo marcou o segundo do Corinthians aos 41, após cruzamento rasteiro de Fagner, e aos 45, Luciano fez o segundo do São Paulo, convertendo com categoria o pênalti de João Victor em Pablo.

DESABAFO – Há dez anos no Corinthians, oitavo com mais jogos, o goleiro Cassio desabafou após o empate: “Antes, ganhar por meio a zero era bom; agora, empatar, mesmo mantendo a invencibilidade em casa sobre o rival, não serve”. O goleiro lembrou que em doze jogos este ano o time só perdeu dois e que está na liderança do grupo no campeonato: “Precisamos de paz para vencer. A pressão é um dos piores inimigos e temos que nos livrar dela”.

CORINTHIANS – Cassio, João Victor, Raul e Jemerson; Fagner, Gabriel, Ramiro (Roni) e Lucas Piton (Gil); Luan (Mateus Vital), Otero (Gustavo) e Cauê. Técnico – Vagner Mancini. Próximo jogo será no Peru com o Sport Huancayo pela Copa Sul-Americana.

SÃO PAULO – Tiago Volpi, Arboleda, Miranda e Leo; Igor Vinicius, Luan, Rodrigo Nestor (Liziero), Igor Gomes (Luciano) e Wellington; Galeano (Benitez) e Vitor Bueno (Pablo). Técnico – Hernan Crespo. Próximo jogo será na Argentina com o Racing, quarta (5), pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.

CARTÕES – O jogo começou pegado e com cinco minutos o árbitro Flavio Rodrigues de Souza, da Federação Paulista, marcou quatro faltas e fez advertências verbais. Cinco cartões amarelos foram aplicados em Raul, Ramiro e Luan, do Corinthians, e Luciano e Benitez, do São Paulo.

407.775 – Antes do jogo os times posaram de máscara e observaram um minuto de silêncio pelos 407.775 brasileiros que perderam a vida, até ontem (2), para a Covid-19. 

Foto: Diário do Litoral