Escolha uma Página

O SÃO PAULO decidirá a Copa Sul-Americana de 2022 com o Independiente del Valle, do Equador, em jogo único, dia 1 de outubro, no estádio Mario Kempes, em Cordoba, na Argentina, depois de eliminar o Atlético Goianiense nos pênaltis, por 4 x 2, na noite de ontem ( 8 ), diante de 53.988 pagantes, no estádio do Morumbi.

O SÃO PAULO havia perdido o jogo de ida em Goiânia por 3 x 1, mas venceu por 2 x 0, gols do meia-atacante carioca Patrick, aos 4 minutos do 1º tempo e aos 8 do 2º, na noite de ontem ( 8 ), com mais de 30 mil torcedores pelo 10º jogo consecutivo no Morumbi. R$5.833.370,00. Boa atuação do árbitro argentino Dario Herrera.

O MEIA-ATACANTE Patrick, de 30 anos, carioca que nunca jogou em time do Rio, foi o destaque da noite no Morumbi. Ele marcou o 1º gol após rebote do goleiro Renan em chute de Luciano, e o 2º, de cabeça, após cruzamento de Igor Vinicius. Reinaldo, Calleri, Igor Vinicius e Galoppo converteram os pênaltis do São Paulo.

O SÃO PAULO decidirá a Copa Sul-Americana pela segunda vez, depois de ter sido campeão em 2012, ao vencer o Tigre: 0 x 0 na Argentina, 2 x 0 no Morumbi. O Independiente del Valle ganhou fácil a outra semifinal, com 3 x 0 nos dois jogos com o Melgar, do Peru. O prêmio ao campeão é de 5 milhões de dólares (R$25 milhões).

FINALISTA DA LIBERTADORES de 2022 com o Flamengo, o Athletico Paranaense é o atual campeão da Copa Sul-Americana, depois de ganhar pela primeira vez em 2018. O Internacional foi o primeiro brasileiro a ganhar a Copa Sul-Americana em 2008.

Foto: Folha Nobre / São Paulo Futebol Clube