O São Paulo fez 1 x 0 aos 15 do primeiro tempo com o gol de canhota de Alexandre Pato, com assistência do lateral Reinaldo, mas na volta do intervalo o Cruzeiro empatou aos 23, em belíssima cobrança de falta de Tiago Neves, no ângulo esquerdo. O São Paulo completou cinco jogos sem vitória e caiu quatro posições, terminando a rodada em oitavo com 12 pontos. O Cruzeiro não vence há quatro jogos, com três derrotas, e com 7 pontos, só está um ponto à frente do CSA, primeiro do rebaixamento.

40 DETIDOS – O São Paulo chegou ao estádio do Pacaembu sob forte escolta, ameaçado por protestos que começaram na véspera, na entrada do Centro de Treinamento da Barra Funda, onde dois mil torcedores exibiram faixas e alguns fizeram ameaça aos jogadores. A Polícia Militar interveio e deteve 40 dos mais exaltados. O técnico Cuca, apesar da campanha ruim do time, está sendo poupado. 

SÃO PAULO – Tiago Volpi, Hudson (Igor Vinícius), Bruno Alves, Anderson e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Hernanes (Igor Gomes); Victor Bueno (Calazans), Alexandre Pato e Toró. O técnico Cuca avaliou como razoável a apresentação da equipe, que chegou ao quinto jogo sem vitória, e disse estar tranquilo quanto à permanência no comando. Na próxima rodada, o São Paulo jogará com o Avaí, penúltimo colocado e ainda sem vitória, sábado (8), no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

CRUZEIRO – Fabio, Lucas Romero, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Lucas Silva), Robinho e Tiago Neves (David); Marquinhos Gabriel e Fred (Sassá). O Cruzeiro decidirá a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil, quarta (5), no Mineirão, com o Fluminense, depois de 1 x 1 no Maracanã. O próximo jogo do Brasileirão será domingo (9) com o Corinthians, em Belo Horizonte.

EXPULSÃO –  O São Paulo teve o lateral-direito Igor Vinícius expulso aos 47 do segundo tempo, ao agarrar pela camisa  o atacante David. E dois advertidos com cartão amarelo: o meia Tchê Tchê e o atacante Calazans, ex-Fluminense, que teve estreia discreta. Com boa atuação, o árbitro Braulio Machado, da Federação Catarinense, também mostrou amarelo para os meias Ariel Cabral, Robinho e Tiago Neves. R$297.639,00. 7.853 pagantes no estádio do Pacaembu.

Foto: Divulgação São Paulo