Escolha uma Página

DEPOIS DE 11 DERROTAS e 7 empates, o São Paulo conseguiu quebrar o tabu de 10 anos e venceu o Corinthians, pela primeira vez, na Arena Corinthians, na noite de hoje (30), pela 4ª rodada do Campeonato Paulista, que lidera com 10 pontos em quatro jogos no Grupo D. O placar de 2 x 1 não refletiu a superioridade tricolor.

COM O 1º GOL DO ANO, quatro meses após cirurgia no joelho, o argentino Calleri abriu o placar de pé esquerdo, aos 20 minutos, aproveitando bem o lançamento de Rato, um dos destaques da vitória. O Corinthians voltou do intervalo com 10, pela expulsão do zagueiro Caetano, que atingiu Luciano com o braço aos 44 minutos.

O SÃO PAULO ampliou a vantagem aos 6 minutos do 2º tempo, com o gol de cabeça do meia paulista Luiz Gustavo, desviando o escanteio que Rato bateu de curva da esquerda. O gol do Corinthians foi do atacante brasiliense Artur Sousa, de 20 anos, aos 46, lançado cinco dias na equipe principal, após ganhar a Copa São Paulo.

O TIME QUE QUEBROU O TABU: Rafael, Rafinha (Moreira), Arboleda, Diego Costa e Wellington; Pablo Maia, Alisson (Luiz Gustavo) e Lucas Moura (Galoppo); Wellington Rato (Nikão), Calleri e Luciano (Ferreira). Foi a terceira vitória em quatro jogos do técnico paulista Thiago Carpini, de 39 anos, que assumiu o time há 19 dias.

O TIME DA 1ª DERROTA para o São Paulo na Arena Corinthians: Cassio, Fagner, Felix Torres, Caetano e Hugo; Raniele (Ryan), Maycon e Fausto (Raul Gustavo); Rojas (Wesley), Romero (Kayke) e Yuri Alberto (Artur Sousa). Foi a terceira derrota consecutiva do Corinthians, aumentando a pressão sobre o técnico Mano Menezes.

63 ANOS DEPOIS, o Corinthians está repetindo seu pior início no Campeonato Paulista, tal como em 1961, quando só ganhou um dos quatro primeiros jogos. Foi a fase do mais longo jejum sem título, após ganhar o título de 1954, ano do quarto centenário de São Paulo, e de só voltar a ser campeão paulista em 1977.

O ÁRBITRO Vinicius Araújo, de 45 anos, paulista de Guaratinguetá, foi correto na expulsão de Caetano, aos 44 do 1º tempo, após consultar o VAR, que mostrou claramente quando o zagueiro do Corinthians atingiu o rosto do atacante Luciano com o braço. R$2.488.558,50. 43.381 pagantes na Arena Corinthians.

ENTRE OS GRANDES do futebol brasileiro, o Corinthians só ainda não perdeu na Arena Corinthians, inaugurada com Brasil 3 x 1 Croácia, na Copa do Mundo de 2014, para o Athletico Paranaense e o Botafogo (seis derrotas, dois empates). Agora, dos times paulistas, só a Ponte Preta ainda não venceu na Arena Corinthians.

O SÃO PAULO comemorou a quebra do tabu, com os jogadores cantando com o presidente Julio Casares, paulistano de 62 anos, advogado e publicitário. Mais comedido, o técnico Thiago Carpini resumiu: “Vamos comemorar até meia-noite. A partir de amanhã, cabeça na decisão de domingo”.

SÃO PAULO, campeão da Copa do Brasil, e Palmeiras, campeão brasileiro, farão domingo (4), no Mineirão, a primeira decisão da Supercopa do Brasil entre paulistas. O título para o São Paulo será inédito. O Palmeiras tenta o segundo consecutivo, para se igualar ao Flamengo, vencedor em 2020-21.

Fotos: MAURíCIO RUMMENS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO e FERNANDO ROBERTO/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO