Embora com menos dois jogos, o São Paulo chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro de 2020, com 41 pontos, só menos 1 ponto que o líder Atlético Mineiro, e completou 14 jogos sem perder, com os 3 x 1 da noite de ontem (28) sobre o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, iluminada de azul e branco, cores da Bandeira argentina, para homenagear Diego Maradona. Luciano, autor de dois gols, o primeiro de bicicleta, está a quatro gols (11 a 15) do artilheiro Tiago Galhardo.

OS QUATRO GOLS – Todos os gols foram no segundo tempo. Luciano marcou o primeiro aos 7 minutos, de bicicleta, aproveitando o bate cabeça dos zagueiros Ernando e Juninho, após o lateral cobrado pelo lateral-esquerdo Reinaldo. O zagueiro equatoriano Arboleda, que não era titular desde agosto, marcou o segundo gol, de cabeça, aos 21, depois de falta cobrada por Reinaldo, que deu assistência para Luciano fazer 3 x 0 aos 29. Clayson marcou o gol do Bahia aos 36, com passe de Nino.

FERNANDO DINIZ, mineiro de 46 anos, técnico do São Paulo, exaltou o desempenho do lateral Reinaldo, de 31 anos, 1,78m, alagoano de Porto Calvo, a 96 km da capital Maceió: “O Reinaldo está pronto para ser convocado e a seleção ganharia muito com a presença dele. O Tite é um observador inteligente e tem mostrado isso nas convocações”. Fernando Diniz considera também que Reinaldo ganhou maturidade ao voltar ao São Paulo, após ser emprestado à Ponte Preta e à Chapecoense.

BAHIA – Douglas, Edson, Ernando, Juninho e Mateus Bahia; Elias (Nino), Gregore e Ramon (Elber); Rossi (Clayson), Rodriguinho (Daniel) e Alesson (Saldanha). O time, que tinha seis vitórias consecutivas em casa, foi outra vez dirigido pelo assistente Claudio Prates porque o técnico Mano Menezes ainda se encontra em quarentena. Uma hora antes do jogo, os laterais Zeca e Juninho Capixaba, e o volante Ronaldo, testaram positivo.

SÃO PAULO – Tiago Volpi, Juanfran (Vítor Bueno), Arboleda, Leo (Tchê Tchê) e Reinaldo, que completou 250 jogos, com 6 gols e 11 assistências); Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara (Hernanes) e Igor Gomes (Rodrigo Nestor); Luciano (Pablo) e Brenner. Vice-líder com 41 pontos em 21 jogos – 11 vitórias, 8 empates, 2 derrotas (o que menos perdeu), saldo de 14 gols (34 a 20) -, o São Paulo fará os jogos atrasados, quinta (3), em Goiânia, com o Goiás, e dia 9 com o Botafogo, no Morumbi. A última derrota foi para o Atlético (3 x 0), dia 3 de setembro, no Mineirão, pela sétima rodada. Desde então, 7 vitórias, 7 empates.

DOIS CARTÕES – O árbitro Leandro Vuaden, de 45 anos, da Federação Gaúcha, só aplicou dois cartões amarelos, em Gabriel Sara e Daniel Alves, ambos do São Paulo. Vuaden é de Roca Sales, município gaúcho a 143 km da capital Porto Alegre, que se chamava Conventos Vermelhos. O nome foi trocado em 1900, quando Campos Sales – 1841 – 1913 -, quarto presidente da República do Brasil – 1898 – 1902 -, retribuiu a visita que o presidente argentino Julio Roca – 1843 – 1914 – fizera um ano antes.

Foto: CBF