Em jogo com duas viradas e os cinco gols no primeiro tempo, o Goiás confirmou a vaga na Sul-Americana 2020, ao vencer o Grêmio, que só levou reservas e novatos ao estádio Serra Dourada. Foi o nono 3 x 2 do Brasileirão 2019, na décima quinta vitória, décima primeira como mandante e sexta no returno.

LINDA CANETA – No turno, o Goiás já havia ganho (2 x 1) de virada do Internacional, também em Goiânia, onde ontem (8) o atacante Rafael Moura fez 1 x 0 aos 3 minutos e o Grêmio empatou com Patrick aos 23, e Yago Rocha fez 2 x 1 Goiás aos 25. O gol do jogo foi o de Isaque, o segundo do Grêmio, aos 37, após linda caneta de Ferreira em Marcelo Hermes. Aos 45, Rafael Moura marcou o da vitória com despedida do Goiás.

NEM GREMISTA – O time que o técnico Renato Portaluppi comandou ontem (8) na despedida do Brasileirão 2019 não deve ser conhecido, a não ser por gremista muito fanático: Phelipe (com Ph), Felipe (com F), Rodriguez (Emanuel), Ruan e Juninho Capixaba; Darlan, Mateus Frizzo (Jhonata Robert) e Patrick (Guilherme Azevedo); Ferreira, Isaque e Pepê. 

QUARTO LUGAR – O Grêmio estava abaixo do meio da tabela, quase perto do rebaixamento, e o técnico assegurou: “Vamos voltar à Libertadores”. E não bateu na trave: o Grêmio terminou em quarto, com 65 pontos, 19 vitórias e saldo de 24 gols (64 x 39). Será em 2020 a décima quarta participação do Grêmio em Libertadores.

BEM NO MEIO – Não à toa o Goiás acertou a renovação do contato de Ney Franco. Desde que assumiu, o técnico promoveu a reação do time, que terminou em décimo com 52 pontos, terminando com 16 vitórias, 11 em casa e 6 no returno. A Sul-Americana é um dos objetivos do time, que terá reforços para tentar o voo mais alto da Libertadores em 2021.

Foto: GaúchaZH