Escolha uma Página

O Santos subiu seis posições com a segunda vitória consecutiva – 1 x 0 sobre o Sport, na noite de ontem (20), em Recife – e terminou a quarta rodada em quinto lugar, com 7 pontos, ainda mais motivado para o clássico do próximo domingo (23) com o Palmeiras, campeão paulista e um dos cinco invictos do Brasileiro 2020. Marinho fez o gol aos 31 do segundo tempo, com chute forte e indefensável, no ângulo, após receber o lançamento de Lucas Braga.

MAIS VISADO – Alagoano de Penedo, Marinho, de 30 anos, tem sido o mais visado do ataque do Santos e recebe, em média, oito faltas por jogo, mas encara os marcadores com muita coragem. Ele marcou seis dos últimos oito gols e deu duas assistências. Na segunda vitória consecutiva, foi o primeiro dos quatro jogos do atual campeonato em que o Santos não sofreu gol. O goleiro João Paulo, de 25 anos, 1,88m, sul-matogrossense de Dourados, substituiu pelo segundo jogo o titular Vanderlei, com o pé inflamado.

ESTREANTE – Outro bom desempenho individual foi o de Marcos Leonardo, que substituiu o venezuelano Soteldo, aos 33 do segundo tempo. Natural de Taubaté, ele chegou ao Santos aos 11 anos, pela franquia Meninos da Vila, destacando-se como artilheiro sub-15, categoria em que foi convocado para a seleção brasileira. Hoje, aos 17 anos, Marcos Leonardo é tido como uma das mais seguras promessas do futebol do clube, mas só em 2021 vai assinar o primeiro contrato.

SANTOS – João Paulo, Pará, Alisson, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson (Jean Mota), Diego Pituca e Carlos Sanchez (Tailson); Marinho (Alex), Kaio Jorge (Lucas Braga) e Soteldo (Marcos Leonardo). O técnico Cuca considera boa a evolução do time, que ganhou (3 x 1) do Athletico e do Sport (1 x 0), depois de empatar com o Bragantino (1 x 1) na estreia, em casa, e de perder (2 x 0) para o Internacional como visitante.

SPORT – Mailson, Patric, Maidana, Adryelson e Luciano (Sander); Willian Farias, Jonatan (Betinho), Ricardinho (Hernane) e Bruninho (Ronaldo Silva); Elton (Philip) e Marquinhos. A segunda derrota, primeira em casa, em quatro jogos, segundo sem fazer gol, fez o Sport cair duas posições e terminar a quarta rodada em décimo sexto com 1 vitória, 1 empate, 2 derrotas, e saldo devedor de dois gols (4 x 6). O próximo jogo é domingo (23), de novo em Recife, com o São Paulo.

SETE CARTÕES – O árbitro José Mendonça Silva Jr, de 36 anos, da Federação Paranaense, teve boa atuação. Dos sete cartões amarelos, dois aplicados em jogadores do Santos, Soteldo e Lucas Braga. Os advertidos do Sport foram Maidana, Adryelson, Willian Farias, Bruninho e Ronaldo Silva.

Foto: Jornal de Jundiaí