UMA SEMANA DEPOIS DA FESTA do 32º título carioca, só faltou o L do artilheiro Cano, no 0 x 0 do Fluminense, mais criativo que o Santos, na tarde de hoje (9), na abertura do Campeonato Brasileiro de 2022 no Maracanã. R$713.782,50. 20.787 pagantes, em jogo de muitas faltas, mas só de um cartão amarelo.

O INÍCIO FOI BEM TRUNCADO, com três faltas de cada time nos sete primeiros minutos. O Fluminense tomou a iniciativa, criou mais, mas parou nas boas defesas  de João Paulo, sul-matogrossense de 26 anos, formado há 11 anos na base do Santos, bi da Copa São Paulo 2013-14 e bicampeão paulista 2015-16. Bom goleiro.

AS MELHORES CHANCES DE GOL se resumiram em três minutos, com a cabeçada do zagueiro David Braz rente ao travessão, e a defesa de Fábio no chute de Zanocelo. O Fluminense melhorou na volta do intervalo com Nonato no lugar de Yago. Luiz Henrique e Fred, que acertou a trave aos 40, foram os que ficaram mais perto do gol.

RECONHECIMENTO – Na saída do intervalo, torcedores do Santos aplaudiram David Braz, que agradeceu com aceno. Reconhecimento aos sete anos em que fez 485 jogos e marcou 39 gols, entre 2012 e 2019, bicampeão paulista 2015-16. Profissional de nível elevado, David Braz foi um dos destaques do título carioca de 2022.

SEIS ESTRANGEIROS – O jogo de abertura do Brasileiro 2022 teve seis estrangeiros no Maracanã: pelo Fluminense, o meia colombiano Jhon Arias, de 24 anos, e o atacante argentino Cano, de 34. Pelo Santos, o zagueiro uruguaio Velaszquez, de 27 anos; os estreantes equatorianos Jhojan Julio, meia de 24 anos, emprestado pela LDU, e Bryan Angulo, atacante de 26 anos, além do técnico argentino Fabian Bustos (53). 

ÚNICO AMARELO – Embora o jogo tenha registrado 17 faltas do Fluminense e 18 do Santos, o árbitro gaúcho Anderson Luis Daronco só fez uma advertência com cartão amarelo. O zagueiro Manoel, do Fluminense, atingiu o rosto do estreante Jhojan Julio com o braço, aos três minutos do 2º tempo.

FLUMINENSE – Fábio, Nino, Manoel e David Braz (Lucas Claro, 36 do 2º tempo); Calegari (Willian, 33 do 2º tempo), André, Yago (Nonato, intervalo), Nathan (Luiz Henrique, 21 do 2º tempo) e Cristiano; Jhon Arias e Cano (Fred, 33 do 2º tempo). O técnico Abel Braga acertou na substituição de Yago. Nonato rendeu bem mais.

FLUMINENSE 0 x 0 SANTOS foi o 13º empate entre os times em 63 jogos do Brasileiro, com 27 vitórias do Fluminense e 23 do Santos. Foi o 5º empate em 36 jogos com o mando do Fluminense, com 22 vitórias, e 9 vitórias do Santos. No Brasileiro de 2021, o Fluminense venceu 1 x 0 e perdeu na Vila Belmiro por 2 x 0.O Fluminense completou hoje (9) quatro anos sem vencer na estreia.

CONTRASTE – Enquanto Abel Braga completou 416 jogos em seu 24º Brasileiro, Fabian Bustos estreou. O técnico argentino teve três semanas livres para treinamento e ainda não conseguiu ajustar o time do ponto de vista ofensivo. O Santos completou o 2º jogo sem gol, após perder na Argentina para o Banfield por 1 x 0, na estreia da Copa Sul-Americana.

DOIS JOGOS FORA – Depois de vencer o Oriente Petrolero por 3 x 0 na estreia, o Fluminense fará o segundo jogo na Copa Sul-Americana com o Junior de Barranquilla, 4ª (13), na Colômbia. O segundo jogo no Brasileiro será sábado (16) com o Cuiabá, na Arena Pantanal. O Fluminense volta ao Maracanã, 3ª (19), para o  primeiro jogo com o Atlético Goianiense, pela vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. O segundo jogo, sem data marcada, será em Goiânia.

Foto: Lance! + Mailson Santana/FFC + EBC + UOL + Facebook do Santos FC