O Sporting manteve a liderança da Primeira Liga, com 76 pontos, ao vencer (2 x 0) o lanterna Nacional, da Ilha da Madeira, ontem (1), em seu estádio José Alvalade, em Lisboa, e será o primeiro da história de 86 anos do Campeonato Português, disputado desde 1934-1935, a se manter invicto em 31 rodadas consecutivas, se não perder o jogo com o Rio Ave, na próxima quarta (5), no estádio dos Arcos, em Vila do Conde, distrito do Porto, a 340 km de Lisboa.

BOM LEMBRAR – Só os maiores campeões portugueses (Benfica, 37 vezes, e Porto, 29 vezes) conseguiram terminar invictos duas temporadas. O Benfica, com 28 vitórias e 2 empates, tornando-se em 1972-1973 o campeão com o maior número de vitórias, e em 1977-1978, com 21 vitórias e 9 empates, embora o campeão tenha sido o Porto. Em 2010-2011, o Porto foi campeão com 27 vitórias e 3 empates, e em 2012-2013, campeão com 24 vitórias e 6 empates. 

23 VITÓRIAS – A vitória por 2 x 0 sobre o Nacional da Madeira foi a vigésima terceira do Sporting em 30 rodadas, no jogo 50 do lisboeta Ruben Amorim, de 36 anos, técnico mais jovem do campeonato 2020-2021. Os líderes tiveram muita dificuldade e só conseguiram o primeiro gol aos 38 do segundo tempo, em cabeçada do zagueiro marroquino Feddal, após cruzamento do meia cabo-verdiano Jovane Cabral, de 23 anos, que fez o segundo gol aos 47, cobrando pênalti que sofreu do zagueiro Rui Correia.

OS LÍDERES – Luis Maximiano, Luis Neto, Sebastian Coates (c) e Feddal; Gonzalo Plata, Jovane Cabral, Mateus Reis e Matheus Nunes; Pedro Gonçalves, Paulinho e Nuno Santos – o time líder do Sporting, 76 pontos, 27 vitórias, 7 empates, saldo de 39 gols (54 a 15). Jogos que faltam: Rio Ave (fora), Boavista (casa), Benfica (fora) e Marítimo (casa), na última rodada, dia 19. O Sporting impôs ao Nacional a nona derrota nos últimos dez jogos. O time da Ilha da Madeira está praticamente rebaixado à Série B (ou despromovido, como se diz em Portugal).

DECISIVO – Benfica e Porto decidirão quarta (5), no estádio da Luz, em Lisboa, a segunda vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões 2022 – a primeira é do Sporting -, em jogo sob muita tensão. O vice-líder Porto, com 70 pontos, pode até empatar, mas o Benfica, terceiro com 66 pontos, ficará sem chance alguma se perder, mesmo que vença o último clássico, também em seu estádio, na penúltima rodada, sábado (15), com o líder Sporting. Dia 23, Benfica e Braga decidirão a Taça de Portugal.

Foto: MARIO CRUZ/EFE | Mercado do Futebol | Plataforma Média | Record PT