COM ATUAÇÃO BEM SUPERIOR, O SPORTING VENCEU O BENFICA por 3 x 1 no dérbi de Lisboa, na noite desta 6ª feira (3), diante de 40 mil torcedores, no estádio da Luz. O atual campeão já saiu para o intervalo em vantagem, com o gol do atacante espanhol Pablo Sarabia, emprestado pelo PSG, aos 8 minutos. No 2º tempo, o atacante português Paulinho fez 2 x 0 aos 17, com assistência do meia carioca Matheus Nunes, que marcou o terceiro gol aos 23 minutos.

O MEIA PORTUGUÊS PIZZI, que substituiu Everton Cebolinha, muito apagado, fez o gol do Benfica aos 50 minutos, na segunda derrota do time do técnico Jorge Jesus, que permanece em 3º com 31 pontos, menos 4 que o líder Porto e o vice-líder Sporting, únicos invictos após 13 rodadas, com 11 vitórias e 2 empates. O Porto lidera pela vantagem no saldo de 8 gols sobre o Sporting (25 a 17). O Benfica está sendo classificado como “time de futebol conservador”.

O SPORTING VOLTOU A VENCER O BENFICA no estádio da Luz, depois de seis anos. Insatisfeitos com a campanha da equipe, torcedores acenaram lenços brancos quando o técnico Jorge Jesus saía do gramado para o vestiário. Os jogadores e o técnico Ruben Amorim foram à beira do campo agradecer o apoio dos torcedores do Sporting, que só tiveram direito a 1000 ingressos, todos com a bandeira em verde e branco do clube.

SPORTING, no esquema com três zagueiros: Antonio Adan, Neto, Gonçalo Inácio e Feddal, que substituiu o uruguaio Coates, capitão do time, infectado; Ugarte, volante uruguaio de 20 anos, com boa estreia, Mateus Reis, Pedro Porro e Pedro Gonçalves (Bragança); Mateus Nunes, Paulinho (Gonçalo Nunes) e Pablo Sarabia (Tiago Thomás). O Sporting visitará o Ajax, ambos classificados, 3ª (7), em Amsterdam, pela rodada final da fase de grupos da Liga dos Campeões.

BENFICA – Vlachodimos, Gilberto, Otamendi, Vertonghen e André Almeida; Grimaldo (Taarabt), Weigl e Rafa Silva; Lazaro (Yaremchuk), Darwin Nuñez (Gonçalo Ramos) e Everton Cebolinha (Pizzi). Para se classificar às oitavas de final da Liga dos Campeões, o Benfica precisa vencer o Dínamo da Ucrânia, 4ª (8), no estádio Luz, e torcer para o Barcelona não ganhar do Bayer, em Munique, em jogo sem público na Allianz Arena, devido à volta da Covid-19.

PORTO 3 x 0 – No estádio municipal de Portimão, o líder Porto venceu o Portimonense, 6º com 20 pontos, por 3 x 0, gols do ponta colombiano Luis Diaz, de falta, aos 45 do 1º tempo, e do meia português Vitinha, aos 25, e do meia paraibano Otávio, de 26 anos, já com cidadania portuguesa. Luis Diaz é o artilheiro do campeonato com 10 gols, mais 2 que o uruguaio Darwin Nuñez, do Benfica.

OS LÍDERES – Diogo Costa, Manafá, Mbemba, Fabio Cardoso e Wendell; Corona (Otávio), Grujic (Vitinha), Sergio Oliveira e Pepê; Taremi e Luis Diaz – o time do FC Porto, do técnico Sergio Conceição, que vai a Amsterdam para o jogo de 4ª (8) com o Ajax, ambos já classificados para o mata-mata das oitavas de final da Liga dos Campeões. O clássico Porto x Benfica, pela 16ª rodada da Primeira Liga, será dia 30, no estádio do Dragão.

Foto: Trivela