OITO JOGADORES DO FLAMENGO TESTARAM POSITIVO e não puderam viajar ontem (27) para o jogo de amanhã (29), na Colômbia, com o Tolima: os goleiros Diego Alves e Mateus Cunha, que seriam reservas, de vez que Santos continuará como titular após a vitória sobre o América Mineiro em que reapareceu bem; os zagueiros Rodrigo Caio e Fabrício  Bruno; os volantes Willian Arão e Daniel Cabral.

CONVOCADOS DE EMERGÊNCIA para suprir a falta de Diego Alves e Mateus Cunha, o goleiro Kauã e o meia Mateus França, ambos da base, também não puderam viajar. Eles testaram positivo e tiveram que descer do avião minutos antes da decolagem. Como se não bastassem tantos problemas, o meia João Gomes vai cumprir suspensão, o que deixa o técnico Dorival Junior só com dois volantes, Tiago Maia e Andreas.

BRUNO HENRIQUE foi bem-sucedido na cirurgia de domingo (26) e teve alta ontem (27) do hospital. Ele ficará em repouso absoluto e na próxima 2ª feira (4), iniciará a fisioterapia. Os médicos confirmaram o tempo de recuperação do atacante, de 10 a 12 meses, e de acordo com a previsão, desde que teve o problema no jogo com o Cuiabá, o atacante só voltará a jogar em 2023.

Foto: Coluna do Fla